Mageense vence Profute na primeira partida da decisão da Quartona

image
O Mageense saiu na frente na decisão da Série C do Campeonato Carioca, na noite desta quarta-feira (10), em Xerém. No Estádio de Los Larios, o Alviverde derrotou o Itaboraí Profute pelo placar de 3 a 1, com direito a dois gols de Miguel, grande destaque individual da partida e comandante da vitória do time da Baixada. Marcos Paulo fez o outro gol do time da casa, enquanto Lelê descontou, em jogo marcado por uma forte chuva que caiu durante quase todo o segundo tempo.

No domingo, pela segunda partida da final, o Mageense pode até perder por um gol de diferença para ser campeão. Ao Profute, resta ganhar por dois gols de diferença para levar a decisão aos pênaltis, ou três para faturar o troféu no tempo normal. Não há vantagem do gol qualificado na decisão. O jogo acontece às 15h, no Estádio Giulite Coutinho.

Primeiro tempo frenético e de boas chances
A decisão noturna, algo incomum nesta Quartona, viu o Mageense melhor no começo. A primeira chance veio logo aos quatro minutos, quando o zagueiro Paulão lançou diretamente de sua área e Darlan cabeceou para o gol, mas o goleiro Willian foi buscar e tocou com a ponta dos dedos, pela linha de fundo. A resposta veio no minuto seguinte, com o Profute quase fazendo seu gol: Lelê cabeceou à esquerda, após bom cruzamento de Régis.

Depois do tempo técnico, o jogo ficou frenético. O Mageense quase abriu o placar com Miguel, que tentou marcar um gol olímpico de trivela, mas Willian defendeu quase em cima da linha. O goleiro do Profute seguiu trabalhando quando Luiz Claudio cruzou, Rodriguinho bateu e Willian fez bela defesa. No rebote, Darlan foi travado por Robson e pediu pênalti, não marcado pela arbitragem.
image
Tanta pressão do Mageense não poderia ser em vão. E, aos 27, saiu o gol. Marcos Paulo deu belo lançamento para Miguel, que virou para cima da marcação e bateu por cobertura, fazendo um golaço: 1 a 0, para festa da torcida do Mageense, que chegou a acender sinalizadores na comemoração, fazendo o jogo ser paralisado por curtos instantes. A partir daí, o Profute melhorou e teve três chances com Lelê: nas duas primeiras, seus chutes encontraram a linha de fundo, mas a última oportunidade, após belo passe de Emerson Carioca, terminou com um chute colocado, que Serjão defendeu muito bem.

A primeira etapa já parecia definida, mas o Mageense ainda tinha cartuchos a queimar. E foi novamente Miguel quem chamou para si a responsabilidade. Após uma bola travada por Darlan, na meia-lua, uma falha da defesa do Profute permitiu ao camisa 10 ficar livre para bater cruzado e vencer Willian, marcando 2 a 0, no último minuto do primeiro tempo.


Chuva atrapalha andamento de belo jogo
A chuva já caía quando o segundo tempo começou, mas os dois times ainda conseguiram jogar um bom futebol, pelo menos até antes da parada técnica. Aos cinco minutos, o Mageense já tinha criado duas chances e perdido ambas, primeiro com Rodriguinho e depois com Eto'o. Novamente, o goleiro Willian apareceu bem para evitar o aumento da vantagem do time de Magé.

Aos 11, o Profute voltou ao jogo depois de um belo lance de Emerson Carioca, que deu um belo drible no marcador e esticou lindo passe para Lelê, livre, entrar pelo lado da área e bater para diminuir o placar. O Profute se animou com o gol e tentou o empate logo na sequência, em chute de Emerson Carioca que Lucão, goleiro do Mageense que substituiu Serjão no intervalo, defendeu.

Mas o Mageense retomaria a vantagem de dois gols logo aos 15 minutos, quando o lateral-esquerdo Marcos Paulo entrou pelo lado canhoto, tabelou com Rodriguinho e chutou entre o goleiro Willian e a trave, aumentando para 3 a 1. Foi o último lance realmente digno de algum perigo na partida, já que a continuidade da chuva deixou o gramado empoçado e, em alguns pontos, até alagado, acabando com as possibilidades de toque de bola de ambas equipes. Empolgação mesmo, só no apito final, do lado do Mageense, com festa da torcida e comemoração pela boa vantagem na final.


A partida
Mageense 3x1 Itaboraí Profute - Campeonato Carioca Série C, final, jogo de ida - 10/10/2018 às 20h30

Estádio Los Larios (Duque de Caxias - RJ)
Árbitro: Gabriel Rodrigues Seraine
Assistentes: Diogo Neto Turco e Victor André Balbino Costa

Mageense: Serjão (Lucão - intervalo); Luiz Cláudio, Paulão, Jhonata e Marcos Paulo; Dedi (Perdigão 39'/2ºT), Rodrigo Lopes, Rodriguinho (Vitor Borges 35'/2ºT) e Miguel; Eto'o e Darlan. Técnico: Maurinho.

Itaboraí Profute: Willian; Régis, Robson, Baiano e Marcos Japão; Handriw (Romário 18'/2ºT), Matheus Cruz e Digreg; Lelê (Brian 33'/2ºT), Emerson Carioca e Tartá (Lucas Bolt - intervalo). Técnico: Paulo Roberto Miúdo.

Cartões amarelos: Jhonata, Paulão, Lucão (MAG); Robson, Brian (IPF)

Gols: Miguel 27'/1T (1-0); Miguel, 44'/1ºT (2-0); Lelê, 11'/2ºT (2-1); Marcos Paulo, 15'/2ºT (3-1)

Renda e público: não disponíveis

Comentários