Otavio brilha no primeiro ano como profissional e projeta sequência

image
Dos goleiros titulares da Série B1 do Campeonato Carioca, o mais jovem deles foi Otavio, com apenas 20 anos. Suas grandes atuações chamaram a atenção e ele ficou no patamar dos principais arqueiros da competição, Rafael do America, Luis Henrique do Americano e George do Sampaio Corrêa, que disputaram o prêmio de melhor da posição. Mas se ficou de fora dessa disputa, Otavio conquistou o prêmio de revelação da Segundona, que foi um grande reconhecimento pra ele.

- Foi bom demais ganhar esse prêmio de revelação, sempre trabalhei muito para estar na melhor forma possível. Foi uma excelente temporada, e para mim, o prêmio foi um de reconhecimento por toda a minha dedicação diária e competência - comemorou o atleta.

Pra muitos, a posição de goleiro requer maturidade e experiência para o atleta chegar ao seu auge. Porém, com apenas 20 anos, Otavio mostrou um excelente potencial, além de ser um dos líderes do Serra Macaense dentro de campo. Para ele, a situação de ter que ser mais velho não é influencia.

- Para mim, idade não quer dizer maturidade ou experiência. Tenho uma bagagem e vivências que talvez goleiros com o dobro da minha idade ainda não puderam experimentar. Mas foi gratificante, tive a oportunidade de mostrar meu trabalho, e pude me sair muito bem - destacou.

Otavio disputou o Torneio OPG pelo Serra Macaense, mas seu futuro deve ser longe do clube. Apesar de não revelar um possível destino, ele não escondeu que tem propostas em mãos.

- Graças a Deus existe o interesse sim de alguns clubes, estamos analisando qual a melhor escolha a ser tomada para o futuro - explicou.

O Serra Macaense só volta a campo na próxima temporada, mas alguns jogadores que defenderam o clube já foram negociados, como o zagueiro Ronaldo, que foi para o Ceará, e o volante Vico e o centroavante Rhainer, ambos que se transferiram para o Madureira.

Fonte: FutRio