Palmeiras segura o empate contra o Flamengo e mantém vantagem na ponta

O Flamengo lutou até o final e arrancou o empate contra o Palmeiras na noite deste sábado (27), no Estádio do Maracanã, pela 31ª rodada do Brasileirão. Com gol de Marlos Moreno a menos de 10 minutos do apito final, os donos da casa fizeram o 1 a 1 após terem visto Dudu colocar o Alviverde à frente para mais de 50 mil pessoas.

O jogo teve os rubro-negros com posse de bola superior a 70% em determinados momentos, mas com pouco poder de fogo. Weverton foi trabalhar de verdade apenas no segundo tempo. César também não foi muito exigido, mas não conseguiu evitar o gol do rival.

O resultado mantém a distância do Palmeiras na liderança em quatro pontos para o Flamengo, o segundo colocado. O Internacional, o terceiro, agora está a cinco.

Na próxima rodada, os palmeirenses enfrentam o Santos, às 19h do próximo sábado (3), no Allianz Parque. Antes disso, também em casa, os paulistas entram em campo para reverter a derrota de 2 a 0 sofrida na partida de ida contra o Boca Juniors. Os flamenguistas, por sua vez, vão até o Morumbi para enfrentar o São Paulo, às 17h do próximo domingo (4).

O melhor: Felipe Melo e Marlos Moreno
Felipe Melo não conseguiu jogar os 90 minutos, mas, enquanto esteve em campo, se destacou por ganhar quase todas as divididas que teve, especialmente as com Paquetá. Ele fez seu primeiro jogo contra o time do coração no Rio de Janeiro. Do outro lado, Marlos Moreno entrou no gramado para fazer tudo o que Vitinho não conseguiu: infernizar o lado direito da zaga Alviverde. Com o gol, ele encerrou o jejum que durava desde 2016 e manteve sua equipe na briga pelo topo.

Flamengo x Palmeiras
O pior: Vitinho, do Flamengo
O Flamengo deixou claro que gostaria de explorar as costas de Luan, zagueiro que estava improvisado na lateral direita. O encarregado da função foi Vitinho, que teve pouco ou nenhum sucesso. Suas tentativas sempre foram paradas pela defesa adversária, fazendo Uribe ficar quase desaparecido.

Felipão, técnico do Palmeiras, durante jogo com o Flamengo
Felipão improvisa Luan na lateral e aposta em Hyoran e Guerra
Sem poder contar com Marcos Rocha e Jean, lesionados, e Mayke, suspenso, o Palmeiras precisou entrar em campo com o zagueiro Luan escalado como lateral direito. Além dele, o treinador optou por apostar em Hyoran no ataque, ao lado de Dudu e Borja, com Guerra na armação. O Flamengo, por sua vez, escalou os mesmos 11 que todos já esperavam.


Flamengo segura a bola, mas não assusta Weverton no 1º tempo
O Flamengo ultrapassou a marca de 70% de posse de bola em boa parte do jogo. Apesar disso, pouco criou para incomodar Weverton durante o primeiro tempo. As melhores jogadas vinham das laterais, especialmente com Vitinho explorando as costas do improvisado Luan. O time carioca também insistiu bastante nas bolas aéreas, mas não teve chance. Foram seis finalizações nos primeiros 45 minutos, contra sete dos visitantes.

Jogo para por queda de luz e volta com iluminação parcial
Quando o cronômetro chegava aos 35 minutos do 1º tempo, uma parte dos refletores do Estádio do Maracanã parou de funcionar. O juiz Rafael Traci parou o jogo para que a situação fosse reestabelecida. Enquanto isso, os mais de 50 mil presentes aproveitaram o momento para fazer a festa com as lanternas de celulares ligadas. Pouco mais de cinco minutos após a paralisação, os árbitros decidiram permitir que a bola rolasse com a iluminação parcial.

Zagueiro dá assistência para golaço de Dudu
O Palmeiras voltou sem alterações no segundo tempo e manteve a estratégia de jogar no erro do adversário. Deu certo: quase do meio-campo, Antônio Carlos achou assistência perfeita para Dudu, que cortou para dentro e bateu para abrir o placar. A torcida alviverde dominou o som do Maracanã. Foi o primeiro gol sofrido pelo Flamengo desde a chegada de Dorival Júnior. 

Paquetá recebe cara a cara, mas para em Weverton
O Flamengo tentou responder rápido. Menos de cinco minutos depois de sair atrás no placar, o time carioca teve chance com Paquetá. O flamenguista dominou a bola quase na entrada da pequena área e chutou firme. Weverton fez defesa espetacular. Na sequência, o goleiro voltou a aparecer fazendo uma defesa, desta vez, com chute de Everton Ribeiro da entrada da área.

Felipe Melo vai bem, mas sente cansaço e é substituído
Felipão preparava a sua segunda substituição no jogo, com Gustavo Scarpa no lugar de Hyoran. A placa do quatro árbitro já subia para executar a alteração, mas Felipe Melo pediu para sair no mesmo momento. O volante foi bem, ganhou a maioria das divididas, mas sentiu o cansaço e pediu para sair: Moisés entrou no seu lugar. Pouco antes, Willian já havia entrado no lugar de Alejandro Guerra. O Flamengo tentou responder com Diego no lugar de Willian Arão. 

Flamengo empata com gol de Marlos
O Maracanã já começava a se acostumar com a derrota, mas o Flamengo não desistiu. Aos 36 minutos, Marlos Moreno disparou pela esquerda, se antecipou a Antônio Carlos e chutou. A bola bateu na trave e entrou. É o fim de um jejum que durava desde 2016 para o flamenguista. No lance seguinte, Marlos fez boa jogada pela lateral e cruzou para Paquetá. Sozinho, ele colocou por cima de Weverton. 

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 1 PALMEIRAS

Horário: 19h (de Brasília)
Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 27 de outubro de 2018, sábado
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trometa (PR)
Público / renda: 58.613 pagantes, 65.102 presentes / R$ 1.452.823,00
Cartões amarelos: Renê e Marlos (FLA) Thiago Santos, Weverton, Moisés e Victor Luís (PAL)
Gols: Dudu, aos 5', e Marlos, aos 35' do segundo tempo

FLAMENGO: César; Pará, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Willian Arão (Diego), Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Vitinho (Marlos); Uribe (Geuvânio).
Técnico: Dorival Júnior

PALMEIRAS: Weverton; Luan (Gustavo Gómez), Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Thiago Santos, Felipe Melo (Moisés) e Guerra (Willin); Dudu, Hyoran e Borja.
Técnico: Felipão