Pedal Corrente Solidário arrecada 400 kg de alimentos em passeio a Lagoa de Cima

A 3ª edição do Pedal Corrente Solidário, realizada no último domingo (21), em Lagoa de Cima, reuniu cerca de 200 ciclistas e arrecadou 400 quilos de alimentos, que serão doados para a Associação Campista de Apoio à Pessoa com Câncer (Acapec). Além de incentivar a prática esportiva e mostrar um dos principais cartões postais do município, o evento teve uma proposta solidária.  O Pedal Corrente Solidário contou com o apoio logístico da Prefeitura Municipal de Campos, através da Fundação Municipal de Esportes (FME). Ao todo, 31 quilômetros foram percorridos.

Segundo Rômulo Gomes da Rocha, um dos organizadores, foi uma manhã muito especial. “O passeio foi excelente. O tempo nublado ajuda muito os ciclistas a ter um desempenho melhor. Como atingimos todos as inscrições e conseguimos doações suficientes para ajudar as famílias da Acapec, podemos dizer que foi um sucesso: o sorriso dos participantes elogiando e brincando foi muito legal, prova de que estamos no caminho certo. A equipe que organizou o passeio está evoluindo com cada passeio”, disse Rômulo, adiantando que já vai iniciar os preparativos para o 4º Pedal Corrente Solidária.
Ele explica que o percurso inicial teve uma pequena alteração em virtude do nível dos rios, sendo necessário percorrer o trecho mais seco, sem travessia de rio, garantindo a segurança dos participantes, principalmente, dos iniciantes. “Um percurso simples, mas com foco na beleza local. O passeio foi muito bem monitorado pela prefeitura, através da  Guarda Municipal”. 

- Também tivemos o apoio da secretaria de Saúde,  com uma ambulância acompanhando e pelos batedores do grupo, que estavam de motocicleta. Fizemos algumas paradas estratégicas no percurso, para agrupar os ciclistas e para hidratação e alimentação com frutas. No retorno, com estrutura de carro de som, fizemos sorteios diversos com os inscritos, tanto adulto como infantil – informa Rômulo, lembrando que o passeio em torno da lagoa será realizado em outra oportunidade, quando for possível a travessia pelos rios.