Resultados agradam e quinteto da Série A aposta na sequência de treinadores

image
A famosa dança das cadeiras dos treinadores no futebol nacional não encontrou espaço em cinco clubes que disputarão a Série A do Campeonato Carioca em 2019. America, Americano, Bangu, Boavista e Portuguesa, que já estão com comandantes definidos, apostarão na sequência de nomes que fizeram sucesso - mesmo que em partes - durante este ano.

Americano e America são provenientes da Segundona Estadual. Naturalmente, pelo sucesso conquistado na divisão inferior, seguiram o caminho da manutenção. Luisinho Lemos, do Mecão, chega respaldado também pelo título da Série B1 em cima do próprio Americano. Por sua vez, o Alvinegro de Josué Teixeira faturou a Copa Rio, que foi a cereja do bolo no trabalho desenvolvido pelo técnico em 2018.

O Bangu, um dos cinco clubes da lista, foi aquele de desempenho mais tímido. Alfredo Sampaio segue com a prancheta em mãos e teve como ponto alto nesta temporada a chegada na semifinal da Taça Guanabara, quando foi eliminado após empate com o Boavista no Estádio Nilton Santos. Em seguida, viveu irregularidade no segundo turno, fechando o Estadual em oito lugar.
image
Àllax e João Carlos Ângelo: responsabilidade dobrada
Melhor colocado entre os clubes de menor investimento no Campeonato Carioca de 2018, o Boavista trouxe de volta Eduardo Àllax, que teve passagem pelo Audax enquanto o Verdão de Saquarema estava parado. A responsabilidade para 2019 é grande: tentar ao menos igualar a quinta colocação no geral ou, quem sabe, superar um dos grandes.

João Carlos Ângelo terá missão parecida. Ele conduziu a Portuguesa ao sexto lugar geral no último Campeonato Caricoa, garantindo a sonhada vaga na Série D do Brasileiro junto do Boavista. João Carlos, que chegou ao clube lusitano ainda no Estadual de 2017, vai para o terceiro ano seguido, entre idas e vindas, no comando técnico da Lusa.

Seletiva em dezembro antecipa desafio da dupla Lemos/Teixeira
Vindos da Série B1, America e Americano precisam, antes de sonhar com a fase principal do Campeonato Carioca, passarem pela Seletiva. E a bola rola já em 22 de dezembro. A estreia de ambos é justamente em confronto direto, em local ainda indefinido, mas com mando alvinegro. Será a reedição da final da Segundona, vencida pelo Mecão, por 1 a 0.

Bangu, Boavista e Portuguesa, por outro lado, terão um pouco mais de tempo antes da estreia. O trio está garantido na fase principal, que começa entre 19 e 20 de janeiro. Os confrontos serão os seguintes: Flamengo x Bangu; Boavista x 1º colocado da Seletiva; Portuguesa x 2º colocado da Seletiva.

Fonte: FutRio