Vida nova no Americano: volante Júnior Santos é do Alvinegro


Uma das principais contratações anunciadas pelo Americano até o momento, o volante Júnior Santos recebeu o carinho dos torcedores em suas redes sociais e agora quer retribuir dentro de campo. Ex-Itaboraí e Atlético/ES, o jogador quer começar uma nova etapa na carreira no Alvinegro e por isso trocou até seu apelido de infância pelo sobrenome no seu nome de guerra.

Antes Júnior Pagode, agora pediu para ser chamado de Júnior Santos, pois segundo ele faz parte deste novo momento que pretende viver e tem o Americano como marco inicial. O volante, de 24 anos, é natural de Macaé e começou a carreira no Serra Macaense, finalizando a base no Flamengo, onde ficou até 2014. Nos dois anos seguintes participou das campanhas vitoriosas do Campos/Carapebus, que saiu da Terceira para a Primeira Divisão no Rio de Janeiro.

“Meu avô que me apelidou dessa maneira, ao contrário dos que muito pensam. Mesmo grávida de mim, minha mãe sambava muito e ele dizia que ia nascer um pagodinho. Então já nasci com este apelido, mas que tem atrapalhado muito minha vida profissionalmente. Desde os tempos de Flamengo eu tento mudar, mas não consigo. Espero que agora eu seja reconhecido como Júnior Santos e com este nome farei história vestindo a camisa do Americano”, disse o volante ao site oficial do clube.

Desde quando foi anunciado como reforço do Americano para a Série A do Campeonato Estadual e a Copa do Brasil, suas redes sociais foram invadidas por torcedores alvinegros e isto marcou muito o jogador, que pretende retribuir em campo este carinho recebido.

“Minhas expectativas são as melhores possíveis. O Americano é um clube enorme, com história e tradição. Será uma grande honra vestir essa camisa. A torcida me abraçou nas redes sociais com muito carinho e vou retribuir tudo dentro de campo, com raça e determinação para honrar o Manto Alvinegro”.