Em Quissamã, campeã olímpica, Sandra Pires conta sua história de vida

Image
Uma tarde de conversa levou centenas de pessoas, entre alunos, servidores municipais e comunidade, a participar de eventos que contaram com a presença da ex-jogadora de vôlei Sandra Pires, medalhista de ouro nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996. Em um primeiro momento, ela participou de workshop com alunos da escolinha da Coordenadoria Especial de Esporte e Juventude, no Ginásio Poliesportivo Walth Mille Pessanha. Na sequência, ministrou palestra no auditório da Prefeitura de Quissamã, aberta à população.

A prefeita Fátima Pacheco ressaltou as conquistas de Sandra, representando o esporte do país e a garra das mulheres. Falou também sobre a necessidade de todos se manterem motivados, principalmente nestes dias difíceis que todos têm passado. “Ao longo dos últimos anos, estar motivado é muito importante. E quem vai trazer essa mensagem, hoje, é uma pessoa que superou desafios, que teve inquietações, que teve dias de desânimo, mas se tornou essa grande campeã, exatamente porque acreditou em si mesmo, porque tinha amor pelo país e pelo esporte que defendia. E isso é um pouco do que a gente vive no dia a dia, com o amor pelo nosso município, amor pela nossa profissão ou pela atividade que estamos desenvolvendo, o que faz toda a diferença. E, para as crianças, é um exemplo a ser seguido, já que elas também tem o sonho de jogar, disputar e crescer”, completou.
Image
A ex-atleta de vôlei de praia, que é referência quando o assunto envolve temas como liderança, determinação e treinamento, esteve com as crianças, onde falou do que é necessário para obter sucesso e de que todos, desde que se dediquem e façam escolhas acertadas, podem fazer o mesmo. “No ginásio, conversei com uma turma mais jovem, que gosta de jogar vôlei e é muito legal perceber que em Quissamã o esporte tem praticantes de todas as idades. Conversamos sobre minha carreira e nas coisas que me influenciaram. Sorteamos camisas, respondi perguntas, falamos sobre as medalhas, que elas puderam tocar. Essa é uma oportunidade que eu não tive, de tocar uma medalha olímpica. Incentivar essas crianças é o mínimo que posso fazer, como campeã olímpica”, frisou Sandra.

Já no auditório, para uma plateia mais madura, mas que ainda incluía alunos do Segundo Segmento, Sandra Pires falou dos momentos como atleta e fez comparações com a vida da maioria das pessoas e disse que qualquer trabalho oferece riscos como no esporte. Porque as pessoas investem, pagam cursos, faculdade, pós, mestrado e doutorado, enquanto os atletas investem em viagens, técnicos e equipe, sempre na busca de bons resultados. Com apresentação de fotos e vídeos, ela contou sua história vitoriosa e emocionou a todos.
Image
“Por ter sido a primeira mulher, junto com Jaqueline Silva, a ganhar uma medalha de ouro olímpica, essa conquista é um exemplo, principalmente para as crianças. Os alunos da escolinha aproveitaram para tirar fotos e eternizar esse momento. Uma das principais marcas que o esporte trouxe para a vida de Sandra foi a ética. Lá não se ganha passando a perna no outro, mas através de um trabalho de determinação, força e dedicação. E é isso que precisamos passar para nossas crianças para que sejam, no futuro, seres humanos melhores”, comentou a coordenadora especial de Esporte e Juventude, Ísis das Chagas.
Image
A visita de Sandra a Quissamã foi uma iniciativa do Banco do Brasil, através do Projeto Embaixadores do Esporte. A gerente da agência local, Ana Lêda Maia, falou sobre o projeto ser um grande incentivador do esporte. “Foi muito emocionante ver as crianças no sorteio das camisas, ao tirar fotos com Sandra e suas medalhas e, principalmente, saber da história de vida da ex-atleta, que veio de uma família humilde e que precisava fazer longos deslocamentos para poder treinar. Isso mostrou às crianças que é factível, que se você treinar, se dedicar e perseguir seu sonho, ele se torna possível e que eles podem chegar ao topo. Ser o número um do mundo”, acrescentou.