Equipes do Paraesporte de Campos estreiam no Brasileiro de Futsal DI

Duas equipes de Futsal DI do projeto de Paraesporte, da Fundação Municipal de Esportes (FME), estrearam nesta terça-feira (6) no Campeonato Brasileiro de Futsal DI, no Ginásio Poliesportivo Maestro Silverio, na cidade de Itabira, em Minas Gerais. A equipe do Paraesporte ganhou por 4 a 2 do JR/Corinthians, considerado uma das equipes mais fortes da competição. Já a FME/Campos perdeu de 7 a 1 da equipe do Egydio Pedreschi, de São Paulo. Participam  do evento seis equipes, reunindo atletas do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. O evento é organizado pela Confederação Brasileira Desportiva para Deficientes Intelectuais (CBDI). Campos participa da competição com 20 atletas

Nesta quarta-feira (7), os dois times campistas vão se enfrentar, às 15h.  Já na quinta-feira (8), às 9h30, a equipe da FME enfrenta o time da APAE Itabira e,  às 11h, a equipe do Paraesporte joga contra o time do Egydio Pedreschi. Na sexta-feira (9), o time da FME enfrenta a Apae de Araxá, às 17h e,  às 18h30, o Paraesporte joga contra a Apae de Itabira. O jogo final acontece no sábado (10). Ás 13h30, Paraesporte e Apae de Araxá e, ás 15h, FME x JR/Corinthians.    
De acordo com o coordenador do Paraesporte, Fabio Coboski, as duas equipes estavam ansiosas para poder participar do Campeonato. “ Estar aqui é mais uma grande conquista para esse time de campeões que superam vários obstáculos para viajar e ficar longe da família. Mesmo assim, demonstraram garra em cada lance. Ainda teremos mais quatro jogos pela frente além da oportunidade de conhecer outros atletas e interagir, o que é muito importante para o trabalho que estamos desenvolvendo com eles”, concluiu Coboscki   
A delegação de Campos viajou na última segunda-feira (5), às 13h, rumo a Itabira. "Sei que é muito importante para o meu filho Yago Barreto Lucio, de 16 anos, fazer essa primeira viagem sozinho. E isso só está acontecendo depois que ele começou a participar das atividades esportivas oferecidas pelo Paraesporte. Antes ele era um jovem agressivo e inquieto. Hoje ele está interagindo com os amigos e esta muito feliz”, destacou a mãe Simone Izaque Barreto, que trouxe o filho para a primeira viagem sozinho.

Helenilza Ribeiro de Carvalho também está torcendo para o filho, Heverton Carvalho. “Meu coração fica agitado em cada viagem, mas fico feliz em ver seu crescimento em cada dia. Essa viagem será de seis dias e é um teste para meu coração, já que em março de 2019, ele vai ficar quase 20 dias, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, quando vai integrar a delegação brasileira nos Jogos Mundiais de verão, das Olimpíadas Especiais Brasil. Heverton fica muito feliz e ansioso nestas competições e por poder estar participando das atividades do Paresporte", destacou Helenilza.