Exame de faixa do Taekwondo para alunos do Externato Campista e Polegar

A imagem pode conter: 21 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas no palco e pessoas em pé
Na noite da última quinta-feira (1º/11) ocorreu o Exame de faixa do Taekwondo do Externato Campista e Polegar, todo o evento com a participação e orientação do coordenador de esporte das duas instituições de ensino e também presidente da União do Norte e Noroeste Fluminense de Taekwondo, Heraldo Junior.

Heraldo, juntamente com a esposa Marcelli e do filho Heitor, fez questão de explicar a importância deste exame:
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e campo de beisebol
"No Taekwondo, a graduação segue uma hierarquia que é representada por faixas, que simbolizam o ciclo de aprendizagem do aluno. É dividida em 10 estágios (faixa branca e coloridas) e 10 dans (faixa preta).

Todas as faixas, dans e colarinhos são obtidos através de exames técnicos onde serão avaliados por um mestre da Confederação Brasileira de Taekwondo na qual pertence o aluno.

Durante o ano, são realizados 4 exames de faixas coloridas.

O exame de faixa preta, dan e colarinho são realizados somente uma vez ao ano. 

Quem determina se o aluno está preparado ou não para fazer o exame de faixa e se já tem o tempo exato de faixa (experiência) é o professor, que a partir disto, terá o direito de fazê-lo ou não, caso não queira" - destacou Heraldo.

Atualmente, o material básico exigido para os exames de faixa são:

Chutes da Graduação
Execução de Fórmula
Sparring de Apresentação
Quebramento de Tábua (a partir da faixa roxa)"