Extensão emergencial de contratos garante regularidade ao Campos na B2

A paralisação de um mês na Série B2 do Campeonato Carioca colocou em risco a situação do Campos em termos contratuais, já que a grande maoria do elenco possuía vínculo até a próxima sexta-feira (30). De maneira emergencial, o clube realizou aditivo nos respectivos contratos, que agora passarão a valer até o fim de 2018.

A medida nada mais é do que a prorrogação do vínculo que estava em vigor, mas sem a necessidade de um novo acordo e todo processo de regularização no Boletim Informativo de Registro de Atletas (BIRA). Sendo assim, o elenco do Roxinho está apto a disputar o jogo de volta da semifinal (no sábado, dia 1º) e a possível decisão, no dia 5, caso confirme a classificação.

- Já aditivamos. Tivemos que aditivar. Existe uma cláusula que diz que, até cinco dias antes do vencimento (dos contratos), que era dia 30, você tem que aditivar. E renovamos os contratos de todos os atletas para poder disputar esse acesso - disse o presidente do Campos, Márcio Reinaldo.

No primeiro jogo diante do Maricá, o Campos venceu por 2 a 0, na última quarta-feira (28), dentro de casa. Com isso, pode perder por até um gol de diferença, na volta, que ainda assim conquistará o acesso à Segundona Estadual de 2019.

O duelo derradeiro entre Maricá e Campos acontece às 15h de sábado, dia 1º, no Alzirão, em Itaboraí. 

Fonte: FutRio

Comentários