Neymar marca e garante vitória magra do Brasil sobre Uruguai

Brasil x Uruguai
A Seleção Brasileira esteve longe de funcionar com precisão (reflexo do atraso ao chegar no Emirates Stadium) nesta sexta-feira, em amistoso contra o Uruguai. Mas, com gol de pênalti de Neymar, garantiu o triunfo por 1 a 0 em Londres, em partida na qual voltou a mostrar erros e só apresentou futebol “para inglês ver”.

Cadê a cadência?
A opção por lançar Renato Augusto não deu cadência ao meio da Seleção Brasileira. Burocrático, o camisa 8 pouco se apresentou para criar jogadas. 
Brasil x Uruguai
Saída pela esquerda
Coube a Neymar buscar e criar as melhores chances de um Brasil com apática etapa inicial. O camisa 10 exigiu Campaña em cobrança de falta e, em seguida, quase marcou em batida de longe. Chegou a balançar a rede, mas o bandeirinha invalidou o lance, por impedimento. Filipe Luís ainda finalizou rente à trave.
Brasil x Uruguai
Celeste cresce... e assusta! 
Aos poucos, o Uruguai encontrou brechas e quase aproveitou vacilos defensivos do Brasil. Após passe de Danilo “na fogueira” e cochilo de Walace, Suárez exigiu Alisson. Em seguida, Cavani, livre em meio à defesa, parou no goleiro. 

Haja sufoco... 
O Uruguai voltou do intervalo em ritmo acelerado. Alisson espalmou  cobrança de falta rasteira de Suárez. No minuto seguinte, Vecino cabeceou rente à trave.
Brasil x Uruguai
Mudanças fazem Brasil crescer
Tite recorreu a Allan e Richarlison. As trocas deram mais variações e retomaram o ímpeto ofensivo da Seleção Brasileira. 

Gol... com polêmica
O Brasil começou a encaminhar sua vitória quando o árbitro marcou pênalti de Laxalt sobre Danilo. Os uruguaios questionaram o fato do assistente ter marcado a penalidade máxima (e de, antes do lance, a bola ter tocado na mão de Danilo). Neymar converteu a cobrança.
Brasil x Uruguai - Neymar e Cavani
Gosto de ‘quero mais’
Mesmo em vantagem, o Brasil ainda perdeu duas chances de ampliar com Richarlison. O triunfo no teste com nível de Copa América veio. Mas a Seleção tem de provar que não mostra futebol só “para inglês ver”.