Reunião define planejamento da Cabofriense para 2019

Resultado de imagem para luciano quadros treinador
Com mais de dois meses até o primeiro jogo no Campeonato Carioca de 2019 – a Cabofriense estreia entre os dias 19 e 20 de janeiro – a comissão técnica e a diretoria do clube já estão se movimentando para debater como será o planejamento do time para a temporada de 2019. Uma reunião na tarde de ontem definiu diversos pontos importantes, entre eles contratações, local e esquema de treinamentos até o início do campeonato.

O Tricolor Praiano já sabe quem irá enfrentar na primeira fase do Estadual 2019. A equipe de Cabo Frio caiu no Grupo C, com Flamengo, Botafogo, Boavista, Bangu e o primeiro colocado da Seletiva. Enquanto as grandes equipes ainda disputam torneios em 2018, o técnico da Cabofriense, Luciano Quadros, frisa a importância de se preparar com antecedência para conseguir bater de frente com adversários qualificados e que contam com grandes elencos à sua disposição.

– É fundamental nos prepararmos antes, porque apesar de estar distante, o time está sendo montado agora com muitas peças novas, além dos jogadores que já estavam no clube, e precisamos alinhar esses jogadores ao novo pensamento. Contratamos jogadores que estavam algum tempo parados, então temos que colocar eles em campo e alinhar a parte física, técnica e tática e isso requer tempo , não se dá do dia para a noite. É de suma importância começar logo pois não somos um time como o Flamengo e o Botafogo, que quando voltarem próximo ano terão 80% do time desse ano à disposição – disse.

O encontro ocorrido na tarde de ontem reuniu o técnico Luciano Quadros, o presidente Valdemir Mendes, membros da comissão técnica e pessoas ligadas ao corpo diretivo do clube. Os principais assuntos tratados no encontro foram as contratações de novos jogadores para o clube, a data do início e o local dos treinamentos.

Segundo Luciano, o local de treinamento da equipe esse ano deverá ser o campo da Base Naval de São Pedro da Aldeia, onde o time realizará treinos diários em dois períodos. A construção do elenco que vai disputar a próxima temporada já está praticamente pronta, ele afirma, faltando apenas alguns detalhes para fechar o grupo.

– Já estamos com um percentual de atletas contratados bem satisfatório. Creio que já estamos com uns 85% do elenco completo, faltando apenas contratações pontuais. Além desses atletas, só quando iniciarmos os treinamentos é que devemos perceber algumas necessidades diferentes – declarou.

Dentre os casos que a diretoria ainda está monitorando no mercado está o de um camisa nove nato, o jogador que deve ser o encarregado de fazer os gols da equipe. Esse função foi muito bem exercida na temporada passada, quando João Carlos marcou quatro gols, se destacou e acabou vendido para o Fluminense. De acordo com Luciano, o clube atualmente supervisiona a situação de pelo menos dois atletas com essas características no mercado.

– Estamos para definir a situação do número nove do time, procurando de forma mais cautelosa, com bons nomes no nosso radar. Entre quatro nomes estamos para definir entre um ou dois para finalizar a contratação – explicou.

Com o planejamento alinhado para o início dos trabalhos com a equipe, Luciano afirma que a expectativa para começar os treinamentos está grande, principalmente para poder colocar em prática os conceitos de jogo que ele pretende implementar no Tricolor Praiano.

– Estou esperançoso. É uma situação nova para mim também, trabalhar na Série A do Carioca. Estou acreditando muito no que vamos fazer dentro do campo, então estou bem ansioso para aplicar os conceitos de futebol que eu acredito para que o time seja aguerrido, jogue um bom futebol, mesmo dentro das dificuldades que nós temos. Vou ter que fazer eles se conhecerem e se adaptarem ao meu estilo, para que nós tenhamos um Campeonato Carioca bem bacana possamos chegar nas cabeças – disse.