São Paulo e Fla empatam e isolam ainda mais o Palmeiras na liderança

Em jogo bastante movimentado, São Paulo e Flamengo ficaram no empate por 2 a 2 neste domingo, no Morumbi (SP), e quem gostou bastante disso foi o Palmeiras, que venceu o clássico com o Santos no dia anterior e se isolou ainda mais na liderança do Campeonato Brasileiro. Marcaram para o Tricolor Diego Souza e Helinho. Para o Rubro-Negro, Uribe e Rodinei.

O São Paulo vê o sonho do título ficar cada vez mais distante, já que agora está a 9 pontos do seu rival paulista na quarta colocação. Já o Flamengo segue na segunda posição, mas agora está a seis pontos dos palmeirenses.

Na próxima rodada as duas equipes têm clássicos pela frente. O Tricolor encara o Corinthians no sábado, e o Rubro-Negro duela com o Botafogo no mesmo dia.
Jogo movimentado
São Paulo e Flamengo fizeram uma boa partida neste domingo, fazendo jus a quem pagou ingresso no Morumbi. No primeiro tempo, muitas oportunidades de ambos os lados. No segundo, lances brigados e as duas equipes buscando a vitória a todo momento.

Diego Souza fuzila e abre o marcador
Aos sete minutos do primeiro tempo, Carneiro fez boa jogada pela direita e cruzou. Diego Souza tentou domínio e, após um bate e rebate, fuzilou a rede do Flamengo. 

Fla empata na sequência
Logo na saída de bola, o lateral Renê cruzou com perfeição da esquerda, na cabeça de Uribe, que deixou tudo igual no placar do Morumbi.
Que isso, Sidão?!
Aos 15, o goleiro Sidão saiu da área para tentar dominar uma bola, se complicou, deu rebote e Willian Arão, de fora da área, tentou surpreendê-lo. Torcedor do São Paulo levou susto.

Sidão salva e Uribe perde
Aos 38, Vitinho chutou, Everton Ribeiro escorou de cabeça e René concluiu. Com muito reflexo, Sidão espalmou e Uribe perdeu grande chance no rebote.
Golaço da joia!
Substituindo Anderson Martins no intervalo, Helinho recebeu bola na direita, cortou para dentro driblando Renê e Cuéllar e, com um lindo chute de canhota no ângulo, fez um golaço de fora da área ao cinco minutos do segundo tempo logo em sua primeira partida como profissional.

Uribe de bicicleta 
Aos 28 minutos do segundo tempo, Léo Duarte escorou de cabeça e Uribe arriscou uma bicicleta, passando perto do gol de Sidão.

Rodinei empata para o Fla novamente
Substituindo Pará nos segundo tempo, o lateral-direito Rodinei demonstrou oportunismo ao surgir na área como elemento surpresa e pegar um rebote, após cruzamento de Vitinho, para empatar novamente para o Flamengo.
Aguirre faz mistério
O técnico Diego Aguirre fez bastante mistério com a escalação e só a divulgou após o aquecimento. Normalmente os clubes a divulgam com cerca de 45 minutos antes da partida. O treinador teve estrela ao colocar o jovem Helinho no lugar de Anderson Martins.

Dorival reencontra o São Paulo
Esta foi a primeira vez que o técnico Dorival Júnior reencontrou o São Paulo após o trabalho realizado ano passado. Antes de a bola rolar, ele cumprimentou e foi cumprimentado por funcionários e jogadores do Tricolor. Em campo, não conseguiu fazer com que o Flamengo reagisse após sofrer o segundo gol.

Helinho - O melhor
O garoto de 18 anos entrou no intervalo e não se intimidou com sua estreia entre os profissionais, partindo para cima e demonstrando personalidade.
Cuéllar - O pior
Conhecido pela regularidade, o volante Cuéllar fez uma partida abaixo da média, dando espaços e errando passes bobos.

Reinaldo 150
O lateral esquerdo Reinaldo completou 150 jogos com a camisa do São Paulo neste domingo

SÃO PAULO 2 X 2 FLAMENGO
Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Hora: 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Cartões amarelos: Reinaldo (SPA); Lucas Paquetá (FLA)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Diego Souza, aos 7 minutos do primeiro tempo (SPA); Uribe, aos 7 minutos do primeiro tempo (FLA); Helinho, aos 5 minutos do segundo tempo (SPA); Rodinei, aos 36 minutos do segundo tempo (FLA)

São Paulo
Sidão; Arboleda, Bruno Alves e Anderson Martins (Helinho); Bruno Peres, Luan (Araruna), Jucilei, Liziero e Reinaldo; Diego Souza e Gonzalo Carneiro (Edimar)
Técnico: Diego Aguirre

Flamengo
César, Pará (Rodinei), Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar (Diego), Willian Arão, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro (Geuvânio) e Vitinho; Uribe
Técnico: Dorival Júnior