Presidente do Campos breca empolgação e projeta jogo complicado fora

O Campos está próximo de conquistar mais um acesso na sua história - o segundo somente neste ano, por conta da decisão do STJD de remarcar a semifinal geral da Série B2 após a conclusão do "Caso Felipe Zuca". A ansiedade pode atingir o grupo que tenta se controlar mentalmente. O presidente do Roxinho, Márcio Reinaldo, o Marcinho, brecou a empolgação e fez a projeção de um jogo complicado contra o Maricá, no Alzirão, no próximo sábado (01/12).

- Não, claro que não (conquistarmos acesso). Podíamos ter conseguido um placar mais elástico pelo volume de jogo do segundo tempo. Respeitamos o time do Maricá, compacto, competitivo, e vamos para lá respeitando. Vamos em busca do acesso. Sabemos que será difícil e a pressão será muito grande - disse.

A equipe venceu o Maricá no jogo de ida por 2 a 0, com gols de Jairo e Dioguinho, revertendo a vantagem do empate que tinha o rival pela melhor campanha na classificação geral - posto este conquistado com a recuperação dos seis pontos no tribunal. A decisão do STJD, por sinal, foi outro ponto abordado pelo dirigente do Roxinho que aguarda mais um acesso neste ressurgimento do Roxinho ao futebol profissional nos últimos anos.

- Esperamos que sim. Deus sabe todas as nossas dificuldades. Sabe como foi difícil chegar até aqui, até o acesso. Infelizmente aconteceu a decisão do STJD, todos falaram tapetão, mas nós focamos dentro do campo. Respeitamos o Maricá, grande equipe, mas no nosso território quem manda é a gente. Vamos lá, para um jogo perigoso, eles têm a vantagem de dois resultados iguais. A gente vai para o jogo para conseguir o aceso.

A bola começa a rolar no Alzirão às 16h deste sábado, dia 1º de dezembro. 

Fonte: FutRio