Retrospectiva Botafogo 2018: ano de novidades para a joia Matheus Fernandes

Matheus Fernandes - Botafogo
Depois dos 40 jogos em 2017, esperava-se um ano de mais crescimento e consolidação para Matheus Fernandes. E as novidades aconteceram e fizeram o meio-campista amadurecer, mas não necessariamente com o crescimento técnico que se esperava. De todo modo, 2018 foi uma temporada de 45 gols, e que terminou com a contratação junto ao campeão do Brasileiro.

Sob as ordens de Felipe Conceição, Matheus começou o ano como titular. Não estava, porém, no fatídico jogo contra a Aparecidense. Com Alberto Valentim, o volante perdeu espaço e praticamente só recuperou posição na última partida do Campeonato Carioca.
Matheus Fernandes - Botafogo
Tecnicamente, sempre houve a cobrança pela evolução no jogo ofensivo. E mesmo aos trancos e barrancos, o primeiro gol do meio-campista como profissional nasceu. Foi no empate em 1 a 1 com o Audax Italiano, em maio. Também houve a primeira expulsão: diante do Paraná, em nova igualdade por 1 a 1, na estreia de Zé Ricardo. Vendido ao Palmeiras, falta mais um passo.

- Chegar na Seleção Brasileira é o auge. Meu sonho, como tem que ser de todos os jogadores. Espero estar mais perto para a próxima Copa, vejo como realidade no próximo ciclo. Só vai depender de mim e se estarei bem onde estiver. Tenho totais chances de chegar lá - revelou durante entrevista em maio.
16 - Matheus Fernandes - Botafogo
O ANO DE MATHEUS FERNANDES

SOBE - VALORIZADO
A frequência em campo, apesar da pouca idade, fez com que Matheus Fernandes continuasse a ser cobiçado. Observado por clubes europeus, recebeu uma oferta do Genoa, que não evoluiu, acabou se transferindo 

DESCE - AMARELADO
Também por conta da instabilidade da equipe alvinegra, o ano não foi de tanto crescimento individual. Ao contrário, foram três cartões amarelos a mais que no ano anterior.