Saiba quem são os campeões das competições sul-americanas em 2018


Foi complicado! Porém, as competições organizadas pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) conseguiram ser finalizadas em 2018, depois de uma verdadeira novela na decisão da Copa Libertadores, precisando realizá-la em outro local e tirando até o sentido do nome da competição. Porém, dentro de campo, Brasileiros, argentinos e colombianos dominaram os títulos no continente nesta temporada.

Começando pelo principal torneio de clubes da América do Sul, depois de ter o primeiro jogo adiado por um dia, por causa da chuva, em La Bombonera, e o segundo ter sido mudado de data várias vezes por vandalismo contra o ônibus do Boca Juniores, a final foi transferida para o Santiago Bernabeu, em Madri, a capital do colonizador da América (não se esqueçam, a competição chama-se Copa LIBERTADORES da América). Em campo, o River Plate levou a melhor contra o seu principal rival e levou o título na prorrogação.

Já na Copa Sul-Americana, o Athletico Paranaense, um dia após mudar levemente o seu nome e completamente o seu escudo, conquistou o título da competição após bater o Junior Barranquilla nas penalidades. Foi o primeiro título continental do time brasileiro, que assim garantiu vaga na  fase de grupos da Libertadores de 2019.

A Recopa Sul-Americana, que foi realizada em fevereiro, reuniu os campeões da Libertadores e Sul-Americana de 2017, Grêmio e Independiente, respectivamente. Depois de dois empates, 1 a 1 na Argentina e 0 a 0 no Brasil, o Tricolor Gaúcho conquistou o título da competição nas penalidades.

A Copa Libertadores Feminina de 2018, realizada em Manaus, foi a competição da América do Sul que apresentou a maior surpresa. O Atletico Huila, da Colômbia, levando sempre para as penalidades, eliminou o Iranduba, equipe da casa, na semifinal, e bateu o favorito Santos, que vinha com uma campanha irretocável até então, na decisão para ficar com o título. Foi a terceira vez em 10 torneios que o título não ficou com uma equipe brasileira.

Na Libertadores Sub-20, realizada em Montevidéu, quem se deu bem foi a equipe da casa. O Nacional bateu o Independiente Del Valle para ser campeão. Continuando na base, a Conmebol realizou, em Luque, no Paraguai, a Fiesta da Juventud Sudamericana, com três categorias. No Sub-16 Feminino, o São Paulo foi o campeão, no Sub-13 Feminino quem venceu foi o colombiano Santander e no Sub-13 Masculino o grande vencedor foi o Internacional.

Para fechar, nas competições femininas de seleções realizadas em 2018 só deu Brasil. O time canarinho venceu a Copa América, realizada no Chile, ficando à frente da seleção da casa. Aliás, os dois, mais a Argentina (precisando da repescagem), se classificaram para a Copa do Mundo. No Sub-20, realizado no Equador, as brasileiras ficaram com a taça, com o Paraguai em segundo. Já no Sub-17, a equipe verde amarela foi campeã com a Colômbia em segundo, no torneio que foi realizado na Argentina.

Comentários