SporTV confirma transmissão de Goytacaz x Americano, a partir das 16h50 desta quinta-feira


O canal de TV fechada SporTV, confirmou em sua grade de programação de quinta-feira (27/12) que estará transmitindo o clássico Goyta-Cano, a partir das 16h50. Um alívio e tanto para o torcedor que aguarda uma posição final do TJD e pode ficar impedido de assistir o confronto no estádio, devido a decisão do presidente do TJD-RJ, Dr. Marcelo Jucá, de proibir a presença de torcedores do Goytacaz em todos os jogos do clube até que a confusão na partida com o Nova Iguaçu seja julgada, o Goyta entrou com um pedido de reconsideração da determinação, mas sem sucesso. A resolução foi publicada em regime de plantão, nesta terça-feira (25). Havia o receio, que sem público, a emissora não tivesse mais interesse em transmitir, mas não isso não ocorreu.

Com o transmissão garantida, a tradicional festa organizada pelos dois clubes campistas deixará de ser vista para o Brasil inteiro, mas pelo menos de casa, os amantes da bola não perderão o confronto.

Na tentativa de dissuadir Marcelo Jucá da deliberação, o Goytacaz apresentou documentos como Alvará de Licença de Funcionamento, laudos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, plano de segurança e lista dos torcedores supostamente envolvidos no tumulto, mas a proibição foi mantida.

“Em que pese o reconhecido esforço da entidade de prática, este certamente não provou que seus torcedores possuem condições de frequentar arenas esportivas e pior, alguns dos documentos acima elencados tornam ainda mais evidente o risco de que ocorram fatos ainda mais graves. Tal assertiva tem fundamento no fato dos laudos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros estarem vencidos, o que por si só já é muito grave e, além disso, o Plano de Segurança se trata de documento apócrifo, não contendo nenhuma base técnica ou assinatura de responsável”, fundamentou Jucá no parecer.

Além dos portões fechados, o clube ainda terá que apresentar novos laudos da PM e dos Bombeiros, dentro dos respectivos prazos de validade, e um plano de segurança nos padrões técnicos aceitáveis e firmado por pessoa física ou empresa com competência para tal. A Polícia Militar também foi oficiada para que tome conhecimento das decisões e informe se o Goytacaz possui condições para receber partidas com torcida.

Entenda o caso:
Na estreia de Nova Iguaçu e Goytacaz na Fase Preliminar do Campeonato Carioca de 2019, torcedores do Goyta protagonizaram uma confusão com o goleiro do próprio clube, Paulo Henrique, quando, após o término da partida, tentaram invadir o vestiário para tirar satisfações com o jogador. No meio do tumulto, foram ouvidos tiros de arma de fogo que teriam sido disparados pela segurança particular do Nova Iguaçu.

Perante os fatos, e atendendo à Procuradoria, Marcelo Jucá determinou a interdição do Estádio Laranjão, local do jogo, e portões fechados nas partidas do Goytacaz, tanto como mandante quanto como visitante.

Comentários