Botafogo perde para o Resende e é eliminado precocemente na Taça Guanabara

O sentimento é de frustração para o torcedor alvinegro. Novamente atuando mal, o Botafogo perdeu para o Resende por 1 a 0 - gols de Maxwell - nesta quinta-feira (31), no estádio Nilton Santos, e deu adeus de forma precoce à Taça Guanabara.

Para se classificar às semifinais a missão era ingrata, já que o Botafogo precisava primeiramente vencer nesta noite e, em seguida, ainda ter que bater o Boavista neste domingo (3) e torcer por uma derrota do Bangu para o Resende.

Eliminado da Taça Guanabara ainda sem ter obtido uma vitória e na lanterna do grupo, o Alvinegro concentra suas forças agora na Copa Sul-Americana, quando enfrenta o Defensa y Justicia (ARG), na próxima quarta-feira (6), no estádio Nilton Santos, pelo jogo de ida.

O Resende ainda sonha com uma vaga nas semifinais e precisa vencer o Bangu e torcer por uma derrota do Boavista para o Botafogo no domingo (3).

Botafogo entra nervoso e não consegue jogar
Pressionado pela necessidade de vencer a partida desta noite e a do próximo domingo, o Botafogo se mostrou muito nervoso dentro de campo e o Resende se aproveitou disso. Jogando mais leve, a equipe do interior foi quem criou as melhores oportunidades se beneficiando dos espaços deixados pelo Alvinegro, como no gol feito por Maxwell no segundo tempo.

Bom chute de Luiz Fernando!
Aos 14 minutos do primeiro tempo, Erik fez boa jogada pela direita e rolou com capricho para Luiz Fernando, que chegou batendo bem, mas o goleiro Ranule estava atento e fez bela defesa. 

Deu mole, Alan Santos!
Aos 19, Marcinho fez belíssimo lançamento para Alan Santos, mas o volante erra o domínio, adianta a bola e facilita o trabalho de Ranule, que sai em seus pés e defende.

No travessão!
Aos 35, o Botafogo deu mole no meio de campo, perdeu a bola e o Resende sai no contra-ataque em velocidade. Arthur Faria invadiu a área e soltou a bomba, que explodiu no travessão de Gatito!

Se liga no elástico!
O lateral esquerdo Jeanderson não tomou conhecimento de Alex Santana e aplicou um lindo elástico no jogador do Botafogo.

Quase olímpico!
Aos 13, Luiz Fernando cobrou escanteio da esquerda, a bola saiu fechada e por pouco não saiu um gol olímpico. Ranule fez boa defesa.

Que bomba de Marcinho!
Aos 23 da etapa final, Marcinho fez bela jogada individual, cortou para o meio e soltou uma bomba, levando perigo ao gol do Resende.

Resende puxa contra-ataque e abre o placar
Num contra-ataque mortal aos 25, o Resende ficou no quatro contra dois, mas Maxwell arrancou e não quis saber de tocar. Soltou a bomba e estufou a rede de Gatito. 

Erik muito marcado
Jogador que gera maior expectativa de boas jogadas no Botafogo, Erick até tentou, mas muito marcado, pouco criou, tendo seu melhor lance acontecido ainda no primeiro tempo, quando fez bom lance para conclusão de Luiz Fernando.

O melhor - Luiz Fernando
Ainda que não tenha feito uma atuação brilhante, o meia do Botafogo criou as melhores oportunidades da equipe.

O pior - Alan Santos
Discreto, o meia Alan Santos não conseguiu suprir à altura João Paulo e foi substituído no início do segundo tempo.

Marcinho vaiado
Como já aconteceu muitas outras vezes, o lateral direito Marcinho foi vaiado no segundo tempo. 

BOTAFOGO 0 X 1 RESENDEData e hora: 31/01/2019, quinta-feira, às 20h (horário de Brasília)
Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: João Batista Arruda
Auxiliares: Carlos Henrique Cardoso de Souza e Wallace Muller Barros Santos
Cartões amarelos: Valdeci (RES)
Cartões vermelhos:
Gols: Maxwell, aos 25 minutos do segundo tempo (RES)

Botafogo
Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo (Carli), Gabriel e Gilson; Jean (Wenderson), Alan Santos (Gustavo Ferrareis), Alex Santana (Leandro Carvalho), Luiz Fernando e Erik; Kieza
Técnico: Zé Ricardo

Resende
Ranule, Filipi Sousa, Rhayne, Lucão, Jeanderson; Joseph, Vitinho, Léo Silva, Davi Ceará (Valdeci), Maxwell e Arthur Faria (Zambi).
Técnico: Edson Souza

Comentários