Educador físico dá dicas para caminhada de Santo Amaro

 (Foto: Supcom/Arquivo)
Na terça-feira (15/01) é Dia de Santo Amaro - padroeiro da Baixada  Campista - e um dos pontos altos desta comemoração que este ano chega a 286ª edição é o Caminho de Santo Amaro, quando milhares de romeiros saem, em caminhada, de diversos pontos de Campos em direção ao distrito numa demonstração de fé. Mas para enfrentar um percursos de cerca de 40 quilômetros é preciso preparo físico e nutricional. 

- Para uma atividade física intensa como essa, além de não ser indicado ingerir alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas, podemos pontuar outros fatores para que se possa traçar o caminho da melhor forma possível. Usar roupas leves confortáveis e tênis que já estejam adaptados (não é indicado comprar tênis novos), se hidratar a cada 20 minutos, e realizar alongamento antes, durante o trajeto e ao final. Durante o trajeto é adequado o cuidado com a alimentação e alongamentos de acordo com seu condicionamento físico. É importante que cada pessoa sinta e respeite o seu ritmo, a sua condição física particular e fique atento a isso – disse o educador físico Marcelo Sapucaia.

Marcelo Sapucaia destacou ainda que não há problema em fazer a caminhada descalço ou de chinelos. “Existem corredores que praticam esporte (caminhada e corrida) descalço por exemplo - chamados minimalistas -, alguns vencedores de maratona inclusive. Um exemplo para destacar que não há contra indicação para esse tipo de escolha”, contou. 

Na festa organizada pela igreja local, com apoio da Prefeitura de Campos, através de diversas secretarias, o percurso partindo do Centro de Campos é realizado por fiéis, esportistas e pessoas interessadas em vivenciar um pouco da tradição e história campista. Durante a jornada, os romeiros chegam a passar por 20 igrejas centenárias contadas desde o marco zero, na Catedral do Santíssimo Salvador, até a Igreja de Santo Amaro. Ao longo do percurso do Caminho de Santo Amaro, a Prefeitura de Campos vai oferecer pontos de apoio com água, fruta e atendimento em saúde.  

Outra orientação imprescindível para a parte física em atividades como esta, é que a preparação aconteça durante todo o ano. “A caminhada acontece uma vez por ano, mas é essencial para a saúde, que se pratique atividades físicas durante o ano inteiro, no mínimo três vezes por semana, como orienta a OMS (Organização Mundial de Saúde). Quem pratica atividade física, dorme melhor, acorda e passa um dia melhor”, concluiu Sapucaia.