Abraço solidário: cariocas prestam homenagem às vítimas do incêndio

Torcida do Flamengo na Gávea
Os torcedores de Botafogo, Vasco, Fluminense e, especialmente, do Flamengo deram um “abraço de solidariedade” nas vítimas e familiares do incêndio que atingiu o CT Ninho do Urubu, na sexta-feira, tirando a vida de 10 atletas das divisões de base e deixando três feridos. A manifestação ocorreu na sede do clube, na Zona Sul do Rio de Janeiro, com cerca de mil pessoas abraçando o complexo da Gávea.

O clima foi de muita emoção, paz e tristeza pelo ocorrido no dia anterior. A maioria dos presentes vestia a camisa do Flamengo, mas também marcaram presença torcedores dos outros três grandes clubes do Rio e de outros times brasileiros. A manifestação de solidariedade ocorreu com tranquilidade.

A concentração dos torcedores foi na Praça Cláudio Coutinho, no Leblon, a poucos metros da Sede da Gávea. Antes do simbólico abraço, uma oração foi feita e, então, todos presentes contornaram o clube do Flamengo. O evento chegou ao fim na porta da sede, com uma nova oração e os rubro-negros cantando o hino em memória das vítimas Arthur Vinicius, Athila Paixão,  Bernardo Pisetta, Christian Esmério, Gedson Santos, Pablo Henrique, Samuel Thomas, Victor Isaías, Jorge Eduardo e Kykelmo de Souza Vianna.

Comentários