Em segundo tempo cirúrgico, Macaé derrota Nova Iguaçu por 2 a 0

O Grupo X tem um novo líder. Na tarde deste sábado (2) em Moça Bonita, o Alvianil Praiano fez uma grande segunda etapa, derrotou o Nova Iguaçu por 2 a 0, com gols dos atacantes Matheus Babi e Diego, e assumiu a primeira colocação. Já o Laranja Iguaçuano, que tinha conquistado sua primeira vitória na rodada passada, caiu para a lanterna. 

As duas equipes voltam a campo no próximo fim de semana. O Nova Iguaçu joga como mandante contra o Goytacaz, no sábado, e o Macaé, também como mandante, encara o America, no domingo. Ambas as partidas serão às 16h, mas ainda não tem locais definidos.

Primeiro tempo sonolento e com pouquíssimas emoções 
A partida começou sem grandes chances e com as equipes em ritmo lento. O Nova Iguaçu arriscou dois chutes de fora da área, primeiro com Caio Cezar e depois com Bruno Veiga, mas ambos os arremates foram pra fora. O Macaé assustou pela primeira vez aos 18 minutos, em finalização cruzada de Matheus Babi, mas o chute saiu fraco e Caio defendeu sem problemas. 

Após a parada técnica o jogo continuou em ritmo lento e o número no erro de passes aumentou, nas duas equipes, o que fez a qualidade da partida cair. Apenas aos 34 minutos aconteceu uma jogada de perigo. Com liberdade, Junior chutou de longe com muito efeito e quase enganou Caio, que com uma manchete de vôlei evitou o gol.

O Nova Iguaçu deu a resposta em seguida em cobrança de falta de Paulo Henrique, e para não se complicar, Bambu espalmou pela linha de fundo. No fim da primeira etapa, o Nova Iguaçu teve mais posse de bola, mas sem ser incisivo. O Macaé se postou defensivamente e o marcador não foi modificado antes do intervalo. 

Ataque brilha e Macaé vence o Nova Iguaçu
Na segunda etapa, o panorama do jogo não mudou num primeiro instante, mas o Macaé teve a oportunidade de abrir o placar aos nove minutos, mas desperdiçou. Caio saiu jogando errado, Junior roubou a bola, serviu Matheus Babi, mas o atacante bateu mal e isolou. Mas em seguida ele não desperdiçou. Aos 13 minutos, em novo cruzamento de Junior, o camisa nove se antecipou ao marcador, e de cabeça, mandou pro fundo do gol. 

Em desvantagem no placar, o Nova Iguaçu passou a dominar a posse de bola, mas errava muitos passes. A primeira boa chance do Laranja Iguaçuano na segunda etapa só foi acontecer após a parada técnica, quando Caio Cezar recebeu dentro da área, mas finalizou por cima da meta. Aos 30 minutos, Junior fez ótimo lançamento para Diego, o atacante ganhou da marcação, mas foi fominha, não serviu Matheus Babi e preferiu a finalização, mas mandou longe do gol. 

Mas quem errava no Macaé conseguia a redenção. Aos 32 minutos, Diego mais uma vez foi fominha, mas dessa vez, passou por dois marcadores e tocou na saída de Caio, marcando um golaço e ampliando o marcador. Sem forças, o Nova Iguaçu não conseguiu reagir, o Alvianil Praiano administrou o jogo e confirmou a vitória por 2 a 0. 

Nova Iguaçu 0x2 Macaé - Campeonato Carioca, Grupo X, 3ª rodada - 02/02/2019 às 17h

Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro-RJ) 
Árbitro: Diego da Silva Lourenço 
Assistentes: Gustavo Mota Correia e Gabriel Bernardo Duarte

Nova Iguaçu: Caio; Wallace, Murilo Henrique (Raniel, 10'/2ºT), Raphael Neuhaus e Lucas; Paulo Henrique, Rodrigo Yuri (Andrezinho, 25'/2ºT) e Caio Cezar; Vitor Félix (Gustavo, 12'/2ºT), Lucas Campos e Bruno Veiga. Técnico: Marcelo Salles.

Macaé: Bambu; Daniel, Anderson, Dilsinho e Luís Felipe (Marcelo Henrique, 18'/2ºT); Filipe Silva, Darlan, Júnior e Marquinho (Darlan, 27'/2ºT); Maranhão (Diego, intervalo) e Matheus Babi. Técnico: Luis Antônio Zaluar.

Gols: Matheus Babi, 13'/2ºT (0-1); Diego, 32'/2ºT (0-2)

Cartões amarelos: Paulo Henrique (NOV); (MAC) 

Público: 840 pagantes (143 presentes)
Renda: R$ 12.400,00

Comentários