Tarde recreativa encerra Colônia de Férias do Paraesporte em Campos

A Colônia de Férias do Paraesporte encerrou nesta sexta-feira (1º). A tarde de sol forte atraiu grande parte dos alunos na piscina que estava bem colorida e animada com atividades lúdicas, elaboradoras pelos professores e estagiários.  Muitos pais e responsáveis também participaram das atividades na sede da Fundação Municipal de Esportes (FME).

Foram 15 dias de atividades recreativas e a Colônia do Paraesporte teve aprovação das crianças e familiares. A professora Ana Paula Santos da Silva levou a filha Victoria da Silva Oliveira, 12 anos.
“Esse é o primeiro ano que a Victória participa da Colônia. Achei a iniciativa da equipe de profissionais maravilhosa. Este convívio lúdico oferecido é muito importante para o desenvolvimento deles. Victoria está matriculada na iniciação desportiva e se não fosse as outras atividades que precisa fazer, eu colocaria em mais modalidades”, comentou a mãe. 

Quem também curtiu a Colônia foi Jéssica Damiana Almeida dos Santos que faz natação, dança, ginástica e futsal. “Ela participa de tudo que é realizado aqui pela Fundação. Todo esse trabalho vem dando bons resultados na vida da minha filha. Ela estuda na Apoe e no Colégio Estadual Thieres Cardoso. Se não fosse essa colônia ela estaria dentro de casa ociosa. Estes dias da Colônia proporcionaram momentos de muita alegria”, destacou a mãe.
 Este foi o segundo ano consecutivo que a coordenação do Paraesporte, implantou a Colônia de Férias que tem por objetivo preencher o tempo ocioso dos alunos, além de não interromper o trabalho cognitivo desenvolvido com eles durante o ano. A Colônia do Paraesporte ofereceu atividades, como: banho de mangueira, gincana, passeio de trenzinho e a festa Pool party. Presidente da FME e Embaixador das Olimpíadas Especiais Brasil, Raphael Thuin, destaca que a política de inclusão defendida pelo prefeito Rafael Diniz, apresenta excelentes resultados: 900 famílias atendidas.

— É muito gratificante ver a felicidade estampada no rosto de cada aluno e de seus responsáveis. Atualmente, somente no Paraesporte, atendemos a mais de 900 famílias, que durante décadas viviam à margem da sociedade e que hoje, por meio do esporte, estão tendo a oportunidade de melhorar a qualidade de vida e desenvolver a autoestima e a autonomia — frisou Thuin. 
MATRÍCULA - Estão abertas as inscrições para novos alunos interessados em participarem das atividades esportivas oferecidas pelo Projeto Paraesporte. Os responsáveis devem procurar a secretaria de segunda a sexta-feira das 8h às 17h. No ato da inscrição devem apresentar cópia da certidão de nascimento ou carteira de identidade, comprovante de residência, atestado e laudo médico, declaração da escolas e duas fotos 3x4. O Paraesporte oferece aulas de iniciação desportiva, natação, basquete, vôlei, ginástica, dança, futsal, atletismo e bocha.

Comentários