Anderson Lessa marca duas vezes e Bangu vence a Lusa em Moça Bonita

image
O Bangu recebeu a Portuguesa em Moça Bonita, na tarde desta sexta-feira (15), pela quarta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Com dois gols de pênalti de Anderson Lessa e um de Robinho, o Alvirrubro venceu por 3 a 0.

A vitória deixa o Bangu na liderança do Grupo B da Taça Rio, com nove pontos. Já na classificação geral, o Gigante da Zona Oeste chega a 16 pontos e assume a quarta colocação. Em compensação, a Portuguesa fica em situação crítica. Lanterna do Grupo A com apenas um ponto, a Lusa também está na última colocação da classificação geral, com dois pontos somados.

Etapa inicial é movimentada, mas as redes não balançam
O duelo começou movimentado e com ambas as equipes criando chances de perigo. Logo aos seis minutos, Anderson Lessa puxou contra-ataque e arriscou de fora da área, obrigando o goleiro Ruan a salvar a Portuguesa com uma boa defesa. Aos oito, a equipe insulana deu o troco. PK passou pela marcação na intermediária, finalizou e a bola explodiu na trave. Em mais uma oportunidade para a Lusa, aos 11, Douglas Eskilo arriscou de fora da área e Jefferson Paulino defendeu.

Sem deixar o ritmo intenso cair, o Bangu partiu para o ataque mais uma vez. Aos 12, Marcos Junior recebeu na intermediária, chutou e tirou tinta da trave da Lusa. Com troca de passes dinâmica e infiltrações na defesa adversária, o Alvirrubro chegou ao ataque mais uma vez. Aos 20 minutos, Yaya Banhoro, em velocidade, lançou Felipe Adão, que bateu colocado, mas Ruan defendeu. Já na parte final da etapa inicial, Douglas Eskilo quase anotou um gol antológico. O atacante recebeu pela esquerda, aplicou dois lençois em marcadores diferentes e soltou uma bomba de direita, Jefferson Paulino, com a ponta dos dedos, chegou a salvar e a bola explodiu no travessão.

Anderson Lessa é decisivo mais uma vez e Alvirrubro desponta
No segundo tempo, o ritmo diminuiu até a parada técnica. Na segunda metade da etapa complementar, o Bangu controlou e dominou a partida. Aos 24 minutos, após cruzamento pela esquerda, o árbitro assinalou toque de mão do zagueiro da Lusa, Emerson. Na cobrança, Anderson Lessa bateu forte e no alto para abrir o placar. Aos 34, Dieyson fez jogada individual, chegou a linha de fundo e cruzou para trás, Robinho chegou e bateu colocado no ângulo de Ruan, que nada pode fazer, ampliando para o Alvirrubro.

Já com um bom resultado no marcador, o Gigante da Zona Oeste pode, com calma, administrar a partida e contou com uma Portuguesa sem forças para isso. Aos 41 minutos, a arbitragem assinalou mais um pênalti para o Bangu, desta vez em cima de Rhainer. Na cobrança, Anderson Lessa, mais uma vez, não perdoou com uma batida rasteira e confirmou a vitória dos mandantes na partida.

Na sequência da Taça Rio, o Bangu recebe o Americano, também em Moça Bonita, na quarta-feira (20), às 16h. Já a Portuguesa encara o Botafogo, no Nilton Santos, na quinta-feira (21), às 21h30. O Placar FutRio acompanha ambas as partidas em tempo real.

Bangu 3x0 Portuguesa - Campeonato Carioca, Taça Rio, 4ª rodada - 15/03/2019

Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Luiz CLáudio Regazone e Thiago Henrique Neto Correa Farinha

Bangu: Jefferson Paulino; João Lucas, Rodrigo Lobão, Dieyson; Felipe Dias, Marcos Junior, Yaya Banhoro (Rhainer, 39'/2ºT), Felipe Adão (Alex Chander, 14'/2ºT), Jairinho (Robinho - intervalo); Anderson Lessa. Técnico: Ado.

Portuguesa: Ruan; Filippe Formiga (Tiago Amaral, 36'/2ºT), Marcão, Emerson, Diego Maia; Muniz, PK, Rodrigo Andrade; Romarinho (Everton Sena, 10'/2ºT), Douglas Eskilo (Nilson, 16'/2ºT) e Fabinho. Técnico: Aílton Ferraz.

Cartões amarelos: João Lucas (BAN) Filippe Formiga e Diego Maia (POR)

Gols: Anderson Lessa, 27'/2ºT (1-0); Robinho, 35'/2ºT (2-0); Anderson Lessa, 42'/2ºT (3-0)

Público: 900 pagantes (832 presentes)
Renda: R$ 5.800,00

Comentários