Atletas do Paraesporte de Campos passam por ações em saúde em Abu Dhabi

Os atletas de futebol e vôlei de praia do Paraesporte da Prefeitura de Campos, que integram a Seleção Brasileira nos Jogos Mundiais das Olimpíadas Especiais em Abu Dhabi, passaram, nesta segunda-feira (18), pelo Programa Atleta Saudável. Paraesporte de Campos: Seleção Brasileira de futebol vai disputar ouro em Abu Dhabi  

Na ocasião, foram realizados exames de visão, audição e ainda nos pés. O campista Carlos Ralfe Escafura, atleta do futebol, ganhou do empresário Bill Austin, dono da empresa Starkey, aparelhos auditivos. Outro contemplado foi um atleta de Minas Gerais. 
O Paraesporte — o maior projeto público esportivo do país voltado para pessoas com deficiência — foi criado em 2017, pela Prefeitura de Campos, através da Fundação Municipal de Esportes (FME), e inicialmente atendia a 100 pessoas com deficiência. Hoje, são cerca de 900 atendidos através de várias atividades esportivas na sede da FME e nos Centros Escola dos Esportes (CEDEs). Do município, integram a Seleção Brasileira nos Jogos Mundiais 12 atletas de futebol e vôlei de praia, além da comissão técnica. A viagem está sendo custeada pela Olimpíadas Especiais Brasil (OEB). 

— Nossos atletas estão vivenciando muitas experiências. Os Jogos Mundiais vão além da competição esportiva. É um intercâmbio cultural e também há ações em saúde, que nos cercam de cuidados. Com certeza é um grande marco na vida de cada um deles e nossa também que acompanhamos a cada dia a evolução deles — frisou o presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME) e embaixador da OEB, Raphael Thuin. 
 

Os Jogos Mundiais das Olimpíadas Especiais em Abu Dhabi reúnem 7 mil atletas de mais de 170 países em 24 modalidades esportivas, de estilo olímpico, sancionadas oficialmente e que são apoiadas por mais de 20 mil voluntários. A competição nos Emirados Árabes começou no último dia 14 e segue até 21 de março. 

Comentários