Cano e Josué são absolvidos em julgamento no STJD por jogo com Londrina


O Americano e o técnico Josué Teixeira foram absolvidos pelo SJTD, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no julgamento deste último dia 11 de março, por problemas no jogo do clube contra o Londrina, pela Copa do Brasil, no começo do mês passado. As decisões foram por maioria de votos. O Cano tinha sido enquadrado no artigo 213, enquanto o treinador foi no 258-B, ambos do CBJD, o Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

A multa para o Cano variava de R$ 100 a R$ 100 mil, no artigo 213, enquanto o treinador, no 258-B, poderia pegar de uma a três partidas. A defesa do Americano aconteceu através do dr. Mauro Chedid, que apresentou prova documental.

O confronto aconteceu no dia 7 de fevereiro e terminou 2 a 1 para o time adversário. O árbitro Sávio Pereira Sampaio colocou na súmula dois relatos. O de um sinalizador aceso na torcida do Americano e uma invasão do técnico Josué Teixeira, protestando sobre a jogada que gerou o segundo gol do Londrina. Fatos que geraram a denúncia.

Eliminado da Copa do Brasil, o Cano pensa apenas no Campeonato Carioca. A equipe enfrenta o Boavista no domingo, dia 17 de março, às 19h, no Elcyr Resende. 

Comentários