Há o que comemorar: Cabofriense é derrotada, mas ganha Abner como opção

A temporada 2018 foi um pesadelo para Abner, jogador da Cabofriense. Uma grave lesão no joelho o tirou dos gramados no segundo jogo da Seletiva do Estadual, justamente uma partida após o atacante estrear na competição marcando três gols. Foram quase 10 meses de recuperação até retomar os treinamentos.

No último domingo (10), Abner voltou a ser utilizado. Ele entrou no segundo tempo da partida contra o Fluminense e marcou o gol de honra da equipe de Cabo Frio, que perdeu por 2 a 1. Na verdade, um golaço, gingando para cima do marcador e acertando uma bela finalização no ângulo do goleiro Rodolfo. Momento emblemático e em pleno Maracanã.

Com Abner à disposição e tomado de confiança após o gol marcado, Valdir ganha mais uma opção para armar a fase ofensiva da Cabofriense, que entrou em campo diante do Flu com três atacantes: Rafael Pernão, Índio e Rincón.

Multifuncional, Abner pode fazer a função dos três, atuando pelos lados ou mais centralizado. É mais provável, entretanto, que dispute espaço com Pernão e Índio. No domingo (10), com a Cabofriense em desvantagem no placar, ele entrou na vaga do volante Gama, numa substituição arrojada de Valdir.

O próximo compromisso da Cabofriense no Campeonato Carioca será contra outro grande, o Vasco. O duelo acontece no domingo (17), no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo. 

Fonte: FutRio

Comentários