Base mantida: Boavista tem poucas baixas e confia no seu elenco para a Série D

Nomes famosos apareceram, como é comum, no Boavista no Campeonato Carioca, e a maioria dos jogadores vai seguir no clube para a Série D do Campeonato Brasileiro. O Verdão de Saquarema começou seus trabalhos visando a competição nacional nesta segunda-feira (8) com poucas baixas. Apenas o goleiro Rafael, o lateral-direito Bruno Moura, o volante Ralph, o meia Carlos Alberto e o atacante Pachu deixaram o clube. Destaque da equipe, Arthur Rezende foi emprestado ao Guarani (SP)

O goleiro Rafael passou por problemas particulares durante o Campeonato Carioca e inclusive deixou os treinamentos durante um período da competição para ficar perto de seus familiares em São Paulo. Retornou ao clube na reta final da Taça Rio, mas não ficará no clube. Bruno Moura se transferiu para o São Bento (SP).

Ralph chegou por empréstimo junto ao Atlético (MG) e Pachu do Botafogo, atuaram pouco e ambos não vão ter seus empréstimos renovados. Carlos Alberto foi a principal contratação do clube pra o Campeonato Carioca, mas conviveu com uma luta contra a balança e sempre esteve muito acima do peso. Jogou apenas quatro jogos, fez um gol e foi bem quando atuou. A diretoria não descarta uma permanência, mas o meia não esteve na reapresentação do grupo.

O grande nome do Verdão de Saquarema no Campeonato Carioca também não vai seguir no clube. Contratado com pouca badalação, Arthur Rezende mostrou o seu valor dentro de campo e apesar de ser volante, foi o artilheiro da equipe com quatro gols. Ele renovou contrato com o Boavista até 2021, mas foi emprestado ao Guarani (SP), onde jogará a segunda divisão do Brasileiro.

Nomes como Wellington Silva, Gustavo, Elivelton, Rafael Marques, Christiano, Thiaguinho Silva, Vítor Faíska, Júlio César, Douglas Pedroso, Lucas, Dija Baiano, Renan Donizete, Tartá, Mosquito, Felipe Augusto, Luis Soares e Leandrão seguem no clube.

O Verdão de Saquarema volta a campo no dia 5 de maio, para pegar o Brusque (SC). A equipe está no Grupo A16, que também tem o Gaúcho (RS) e Foz do Iguaçu (PR).

Comentários