Reconstrução: Goyta esquece queda e grupo forte na B1 é promessa da diretoria

image
A parceria entre Goytacaz e Flávio Trivella chegou ao fim e agora o clube buscará caminhar sozinho e forte para retornar para primeira divisão do Campeonato Carioca. A reestruturação no Alvianil da Rua do Gás será grande e um grupo totalmente modificado irá representar a equipe. O vice-presidente de futebol, Marcelo Santiago, acredita numa boa caminhada já na Série B1, e comemorou a comissão técnica que formou, revelando que João Carlos Ângelo vem sendo fundamental na busca de reforços.

- Será uma reestruturação difícil, mas o que nos deixa felizes é que estamos trazendo a nossa apaixonada torcida para o nosso lado de novo, mostrando que a união de todos em torno do Goytacaz poderá trazer novas trilhas em busca do sucesso. E eu acredito neste sucesso já na B1. Focamos na montagem de uma comissão técnica forte com a supervisão do Gilberto, com um excelente treinador, que é João Carlos, o preparador físico Dimas Viana. E também vamos formar uma equipe forte, pois nosso primeiro objetivo nessa nova fase do Goytacaz é voltar para a elite - disse o dirigente.
O Goytacaz ainda não começou seus trabalhos visando a Série B1 do Campeonato Carioca. Marcelo Santiago admitiu esse fato, mas ressaltou que esse período está sendo importante para o clube ir atrás de reforços de qualidade.

- Realmente começamos um pouco mais tarde, mas não vai atrapalhar na montagem do elenco. Já estamos fechados com jogadores importantes. Esta nova comissão técnica do Goytacaz ajudou e ajudará muito em algumas negociações. Estamos resgatando a confiança nessa nova gestão. Teremos trabalho, respeito ao grupo e compromisso com o acordo firmado. Todos estaremos reunidos e unidos pelo Goytacaz - frisou.

Fim do racha no elenco e busca por jogadores aguerridos
Em entrevista que foi ao ar no FutRio.net no dia 25 de fevereiro, o ex-atacante do clube, Douglas Oliveira, revelou que na Série A o Goytacaz estava rachado e existiam três divisões dentro do elenco: atletas que foram levados pelo investidor Flávio Trivella; jogadores contratados com indicação de Athirson; e os garotos criados na Rua do Gás. Presidente do Goyta, Dartagnan Fernandes confirmou a informação em entrevista que foi ao ar no dia 6 de março.

Entretanto, Marcelo Santiago garantiu que esse problema não acontecerá mais no clube e que o Goytacaz está buscando jogadores com perfil aguerrido, quem pensem grande e busquem crescimento na carreira, pois se isso acontecer, consequentemente o Alvianil da Rua do Gás terá um grande crescimento também.

- Vamos buscar jogadores comprometidos com nosso objetivo, que queira chegar pra vencer. Jogador vencedor, guerreiro e acima de tudo, que respeite o grupo e principalmente o clube.  O Goytacaz é grande e queremos jogadores que pensem grande, pois o sucesso deles será o sucesso do nosso clube - ressaltou.

Chance para os garotos da base
Nas discussões de racha no elenco, Dartagnan Fernandes, presidente do clube, sempre lutou por um espaço maior para os garotos criados no clube. Neste momento, são nove jogadores que tem contrato e foram formados no Goytacaz: o goleiro Jonathan, os zagueiros Marcão e Zé Vitor, lateral-esquerdo Caio, os meias Alan, Pedrinho e Pepeu, e os atacantes Lukinha e Jajá. Marcelo Santiago confirmou que os jovens ganharão mais espaço.

- Sou um grande admirador e apoiador das categorias de base, entendo que é o grande patrimônio de um clube junto com a torcida e os mais jovens terão sim espaço no novo Goytacaz. Há inclusive alguns destaques que estamos de olho. E mesclar experiência e juventude é sempre e produtivo para um clube de futebol. Não será diferente no Goytacaz - explicou.

A estreia do Goytacaz na Série B1 do Campeonato Carioca será contra o Sampaio Corrêa, no Estádio Lourival Gomes, no dia 25 de maio.

Comentários