Serra Macaense inicia trabalhos na base e projeta certificado formador até 2020

O Serra Macaense começou nesta semana os trabalhos com as categorias de base do clube visando a temporada de 2019. Os elencos do sub-15, sub-17 e sub-20 foram apresentados e iniciaram as atividades, com o foco voltado para as avaliações físicas, para o certame estadual e o Torneio OPG - no caso do time de juniores. A formação ganha atenção especial para a equipe macaense, que projeta ganhar certificado de clube formador até dezembro de 2020.

O documento, dado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), garante aos clubes direitos financeiros sobre atletas revelados pelo clube, no mecanismo de solidariedade instituído pela FIFA. Atualmente, no futebol do Rio de Janeiro, apenas cinco clubes têm este certificado: Botafogo, Flamengo, Fluminense, Nova Iguaçu e Vasco.

A diretoria do Serra Macaense busca agora, neste período de dois anos, estipulados pelo comando do clube, atender os cinco requisitos da CBF. São eles: Apresentar a relação de técnicos e preparadores físicos responsáveis; comprovar participação em competição oficial; apresentar o programa de treino, seus responsáveis e compatibilidade com a atividade escolar dos jovens jogadores; garantir frequência escolar dos jovens jogadores; garantir a saúde dos jovens jogadores (por meio da contratação dos seguinte profissionais: médico, fisioterapeuta, psicólogo, nutricionista, e de ações como promover visitas frequentes dos ou aos familiares, oferecer três refeições diárias, manter os alojamentos limpos e locais de treinamento preparados para atendimento de urgência).

Para esta temporada são 114 jovens distribuídos nas três categorias (34 no sub-20 e no sub-17, e 46 no sub-15), que começaram os trabalhos nesta semana. O presidente do clube, Rodrigo Santos, reforça o olhar do clube para esta questão neste espaço de dois anos.

- Vamos nos tornar um Clube Formador até dezembro de 2020. Muitos investimentos estão sendo feitos para que possamos atender as exigências da CBF. Precisamos do empenho de todos. Diretoria, funcionários e cada um doa atletas, porque no momento que vestem a camisa do Serra Macaense, se faz necessário ter a consciência da imagem individual que forma um grupo coeso e forte. Quem vai jogar a OPG que inicia dia cinco de junho, por exemplo, já está definido, será a categoria sub-20. O Rodriguinho (técnico) precisa um grupo bem coeso e competitivo - disse, já projetando o investimento e a disputa do Torneio OPG neste ano.

Comentários