Araruama muda perfil do comando técnico e aposta no jovem Thiago Jardim

image
Lutando pelo acesso na Terceirona Estadual desde 2016, o Araruama optou por mudança de perfil no comando técnico nesta temporada. O experiente Ocimar Carvalho, que assumiu a direção de futebol, abriu espaço para Thiago Jardim, de 35 anos, integrante da nova geração de treinadores.

Jardim comandou o sub-20 da Arara em 2018, alcançando o quinto lugar na Série B2 da categoria. Essa será a primeira experiência à frente de um time profissional. Há 10 anos, no entanto, ele vem exercendo a função em competições da Região dos Lagos, acumulando ainda uma passagem como auxiliar do Rubro. Ao projetar a Terceirona, o técnico salientou a busca por resultados a curto prazo.

- Almejamos voos altos na competição, mas sem planejar a longo prazo. Nosso foco é preparar bem a equipe para a primeira batalha que será o jogo contra o Pérolas Negras, uma das favoritas ao acesso, e jogo a jogo buscar nosso objetivo principal - projetou Thiago Jardim.

O elenco do Araruama é formado em boa parte por remanescentes da temporada passada. Processos seletivos também foram realizados para encorpar o grupo, que recebeu contratações pontuais. A espinha dorsal que se mantém é de vital importância, segundo o treinador, já que o período de pré-temporada não foi dos mais longos.

- Tivemos uma indefinição por conta da aquisição em definitivo do clube pelo Araruama (que utiliza o registro do Arrarial do Cabo), o que nos deu pouco tempo para trabalhar, porém a continuidade de alguns atletas do ano anterior está nos dando a condição de pular algumas etapas e deixar a equipe da maneira que precisamos para conseguir o resultado.

Diferentes estratégias montadas
Em tempos atuais no futebol nacional, muito se discute sobre as filosofias dos técnicos, sejam aqueles focados na valorização da posse de bola ou os de perfil mais reativo. Thiago Jardim prefere unir as duas coisas. Sabedor das dificuldades que a Terceirona reserva, ele avisa: cada adversário exigirá uma estratégia específica.

- Não acho que a posse de bola seja determinante para se obter o resultado positivo. A Série B2 do Campeonato Carioca é uma competição bem dura e enfrentamos, além de bons adversários, campos que nem sempre valorizam esse tipo de jogo. Sobre o estilo de jogo do Araruama, esse ano estamos preparando nossa equipe com bastante variações táticas, que serão colocadas em prática dependendo dos locais de jogo e dos nossos adversários.

A estreia do Araruama na Série B2 será contra o Pérolas Negras, no próximo domingo (26). A bola rola às 15h, no Correão, em Cabo Frio.

Comentários