Campista em destaque no Beach tennis, esporte em crescimento

Embora ainda não seja muito conhecido em Campos, o beach tennis é um esporte que vem aparecendo com certo destaque nos grandes centros. E a planície goitacá pode se orgulhar de ter duas campeãs sul-americanas na modalidade. Uma delas, Pauline Pessanha, residente em São Paulo, ficará na cidade esta segunda-feira (13), dando aulas na Arena 13, no Parque São Caetano. Em julho, ela disputará o Campeonato Mundial da Federação Internacional de Beach Tennis (IFBP em inglês) com a parceira Elaine Branco, na Espanha.

Ex-atleta de vôlei, Pauline jogou por vários anos na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), além de ter defendido o Fluminense. Também praticou tênis, mas, após mais de uma década parada devido a um problema na coluna, se identificou com um novo esporte assim que o conheceu.

— Precisei parar de jogar, fiquei de 10 a 15 anos parada. Voltei jogando tênis, mas também não consegui jogar. Aí, fui a um torneio e vi a quadra de beach tennis lá em São Paulo. Falei: “O que é isso? Eu nunca tinha visto”. É bem parecido com o vôlei de praia, mas a rede é mais baixa, a malha é menor. Fui perguntar o que era, a mulher falou que era beach tennis e me deu duas raquetes e uma bolinha para eu experimentar com uma amiga. Aí eu me apaixonei pelo beach tennis — contou Pauline, que é filha do jogador de vôlei PC, integrante da equipe master de Campos.

De lá para cá já são diversos títulos, inclusive os sul-americanos, no Chile, nas versões de duplas femininas, com Elaine Branco, duplas mistas, ao lado de Matheus Moreira, e por equipes, tendo como uma das parceiras a também campista Carina Siqueira. Um de seus desejos é usar a visibilidade internacional para tentar fortalecer o beach tennis em sua cidade natal.


— Eu tenho uma marca de roupa, e a minha costureira é daqui. Eu continuo no esporte, mas produzo roupa para o CT Leblon, da Fernanda Berti, da Bárbara Seixas, do Evandro (do vôlei de praia) — explicou. — Então, eu venho para pegar essa produção ou mandar produzir mais. E, como aqui em Campos o esporte (beach tennis) não tinha chegado ainda e eu acho um esporte muito legal, eu vi uma chance, estou aproveitando (para dar aulas) — acrescentou a atleta, que fez recentemente um curso de capacitação de professores.

A campista, Pauline Pessanha, foi convocada para disputar o Mundial IFBT 2019 (Federação Internacional de Beach Tennis) em Castell De Fels em Barcelona, na Espanha, de 27 a 30 de junho.

Pauline tem um currículo de muitas conquistas como ter sido campeã sul-americana de beach tênnis 
- Campeã Sulamericana por equipes representando o Brasil em Viña Del Mar, Chile (Mar. 19) 
- Campeã feminina Pro no Open Internacional Viña Del Mar, Chile (Mar. 19) 
- Campeã mista Pro no Open Internacional Viña Del Mar, Chile (Mar. 19) 
- Campeã Mista Open no Torneio de SJB (Fev. 19) 
- Campeã Mista Open no Fest Verão Farol / RJ (Fev 19)
- Campeã da Simples OPEN no Torneio V Tennis, Jundiaí/ SP (Dez. 17)
- Campeã categoria A no 1° Belvede Tennis, Belo Horizonte BH (2017), entre outro títulos.


Pauline que é artista plástica, pratica Beach Tennis, um dos esportes que mais cresce no mundo.

A próxima vinda de Laurine a Campos deve acontecer em julho, após o Mundial da IFBP. Cada aula custa R$ 40, com uma hora de duração. Interessados podem entrar em contato direto com ela pelo telefone (11) 999944-0344.

Com informações da Folha da Manhã

Comentários