Lei de Incentivo ao Esporte pode ajudar o Macaé Basquete

Uma equipe que sempre mostrou superação dentro das quadras. Assim é o Macaé Basquete, que hoje enfrenta o seu maior adversário: a falta de recursos. O problema financeiro levou a equipe a ter que deixar de disputar o NBB em 2017 e ficar de fora esse ano das principais competições esportivas nacionais.

Mesmo enfrentando essa situação delicada, os projetos sociais, motivo de orgulho para o Macaé, continuam sendo mantidos. Diante disso, o Macaé tem buscado alternativas para manter vivo, não só o time profissional, como também o Basquete na Praça, Macaé Basquete Sobre Rodas e categorias de base.

O Macaé está em busca de empresas que tenham interesse em associar a sua marca ao time. Uma dessas formas é através da Lei de Incentivo ao Esporte Estadual (ICMS). O retorno da equipe profissional ao NBB, primeira divisão do basquete nacional, está associado à campanha lançada há algumas semanas, focada na arrecadação por meio do ICMS.

Funciona da seguinte forma: o valor é repassado ao clube por meio da Lei de Incentivo ao Esporte – LIE. A estrutura da ação permite que as empresas direcionem até 3% do ICMS para apoiar iniciativas esportivas.

O ICMS é um imposto destinado ao governo, no entanto, parte dele pode ser destinado para ações esportivas e culturais, o que não eleva os custos da empresa, mas apenas mudará o destino do imposto pago, contribuindo, dessa forma, com o desenvolvimento de uma atividade que carrega consigo valores ligados à saúde, ao bem-estar, inclusão, acessibilidade e responsabilidade social.

“O Macaé Basquete é uma das marcas mais fortes do esporte no interior do Rio de Janeiro. É um clube que realiza projetos com comprovados benefícios na promoção da cidadania. As empresas que estiverem conosco, além de cumprirem com as suas metas de responsabilidade social, vão garantir o aumento da sua visibilidade e reconhecimento junto ao público”, explica o coordenador dos projetos, Léo Costa, que também é técnico da equipe profissional.

Para mais informações sobre essas e outras formas de apoiar o Macaé Basquete, os interessados podem entrar em contato pelos telefones (22) 2772-1769 / (22) 98811-0399 ou pelo e-mail comercial@macaebasquete.com.br.

Comentários