Paraesporte de Campos busca o bicampeonato na Liga Unificada de Basquete

O time de basquete do Paresporte Campos - maior projeto esportivo público do país voltado para pessoas com deficiência — entra em quadra neste sábado (1º) para as competições da Liga Unificada das Olimpíadas Especiais Brasil (OEB) e em busca do bicampeonato. A competição vai acontecer na Escola Especial Favo de Mel, em Quintino, no Rio de Janeiro e conta ainda com as equipes do Fundec de Caxias, CIAP, APABB e Favo de Mel. O sorteio dos jogos será às 8h30 e a competição terá mais quatro etapas até a final. 

Jean Vitor Augusto, cestinha  do jogo da vitória na liga do ano passado, está ansioso para os jogos. O objetivo da Liga é incentivar a prática esportiva entre os atletas com deficiência intelectual, trabalhar a inclusão social e desenvolver a autoestima e o controle motor. 
Para o coordenador do Paraesporte, Fábio Coboski, o esporte vem mudando a vida dos atletas nestes últimos dois anos. "Desde que foi criado, o projeto tomou ainda maior proporção com a conquista de medalhas de prata e bronze pelas equipes de futebol e vôlei de praia, nos Jogos Mundiais de Verão das Olimpíadas Especiais, em Abu Dhabi, representando a Seleção Brasileira. Eles agora se espelham nos colegas, em busca de conquistar uma vaga", disse Coboski.

Comentários