Rapinoe decide e Estados Unidos avançam à semi do Mundial feminino

Em uma das partidas mais aguardadas da Copa do Mundo feminina, a anfitriã França enfrentou os Estados Unidos no Parque dos Príncipes, em Paris. E as norte-americanas venceram por 2 a 1 e despacharam as donas da casa, garantindo uma vaga na semifinal do torneio. Megan Rapinoe marcou duas vezes para os EUA, enquanto Renard descontou para as francesas.

Com o resultado, as atuais campeãs mantém o feito de nunca terem ficado de fora da semifinal da Copa do Mundo. Além disso, a seleção estadunidense conquistou pelo menos o terceiro lugar em todas as edições da competição desde 1991, ano em que começou a ser disputada.
Agora, os Estados Unidos enfrentam a Inglaterra, que bateu a Noruega por 3 a 0. As duas seleções decidem quem estará presente na grande final do Mundial. A partida está marcada para terça-feira (2), no Estádio de Lyon, às 16h (de Brasília).

O jogo 
As norte-americanas tiraram o zero do placar logo no início da partida, aos quatro minutos. Alex Morgan sofreu falta à esquerda da área e Megan Rapinoe foi para a cobrança. A camisa 15 bateu fechado, a bola passou por todo mundo e entrou, colocando os Estados Unidos em vantagem.
A seleção francesa demorou a se reorganizar após levar o gol tão cedo. Passado o baque, as donas da casa tentaram tomar a iniciativa e pressionar as adversárias, mas as tri-campeãs mundiais conseguiram resistir com uma forte marcação, deixando a partida bem truncada.

Com maior posse de bola, a França passou a dominar as ações do jogo, finalizando mais, mas sem levar perigo à meta de Naeher. No final da primeira etapa, os Estados Unidos voltaram a equilibrar as chances criadas, também sem muita eficiência.

No primeiro minuto do segundo tempo, as norte-americanas quase ampliaram. Mewis finalizou da entrada da área e Bouhaddi espalmou. Heath pegou o rebote e bateu, mas novamente a goleira francesa salvou, dessa vez com o pé.

Aos 12 minutos, as anfitriãs perderam grande chance de igualar o marcador. Torrent cruzou fechado, a lateral O’Hara tirou de cabeça, mas a bola sobrou nos pés de Le Sommer, que bateu na rede pelo lado de fora. Pouco depois, Gauvin recebeu cruzamento de Henry e cabeceou colocado, exigindo boa defesa de Naeher.

E se as francesas desperdiçaram, Megan Rapinoe não perdoou a oportunidade que teve. Alex Morgan achou Heath pela direita e ela cruzou rasteiro para o meio da área. A craque norte-americana recebeu livre e chutou para fazer seu segundo gol na partida.

Aos 36 minutos, a França ainda conseguiu diminuir com a zagueira Wendie Renard. Em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Thiney fez o cruzamento na área e a defensora subiu livre para cabecear para o gol. Contudo, não foi o suficiente para evitar a eliminação.

FICHA TÉCNICA
FRANÇA 2 X 1 ESTADOS UNIDOS

Local: Parque dos Príncipes, em Paris (França)
Data: 28 de junho de 2019, sexta-feira
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitra: Kateryna Monzul (UCR)
Assistentes: Maryna Striletska (UCR) e Oleksandra Ardasheva (UCR)
VAR: Danny Makkelie (HOL)
Cartões amarelos: Mbock Bathy e Bussaglia (França) 
GOLS: Renard, aos 35 minutos do segundo tempo (França); Rapinoe, aos quatro minutos do primeiro tempo; Rapinoe, aos 20 minutos do segundo tempo (Estados Unidos)

FRANÇA: Bouhaddi; Torrent, Mbock Bathy, Renard e Majri; Henry, Thiney e Bussaglia; Diani, Gauvin (Cascarino) e Le Sommer (Asseyi).
Técnico: Corinne Diacre

ESTADOS UNIDOS: Naeher, O’Hara, Dahlkemper, Sauerbrunn e Dunn; Lavelle (Horan), Ertz e Mewis (Lloyd); Heath, Morgan e Rapinoe (Press).
Técnico: Jill Ellis

Comentários