BRASILEIRÃO: Palmeiras empata clássico com gol bizarro e Santos encosta

Finalmente o Campeonato Brasileiro voltou. Depois de mais de um mês parado por causa da parada da Copa América, o principal torneio do país teve bola rolando neste sábado com quatro jogos.

O Santos aproveitou para diminuir a diferença para o líder Palmeiras, que ficou no empate com o São Paulo, no Morumbi, com gol bizarro marcado pelo atacante Dudu. O Sul, o Vasco tomou a virada para o Grêmio, mas saiu na bronca com o VAR.

TUDO IGUAL
O São Paulo teve tudo para derrubar a invencibilidade do rival Palmeiras. Jogando no Morumbi, em São Paulo, o time de Cuca saiu na frente, fez um grande primeiro tempo, mas sofreu um gol bizarro marcado por Dudu e acabou empatando por 1 a 1. O gol são-paulino foi marcado por Pablo, que voltou ao gramado depois de dois meses, mas deixou o campo no intervalo lesionado.

O resultado manteve o Palmeiras na liderança com 26 pontos e com invencibilidade de 33 jogos no torneio. O São Paulo, por sua vez, segue longe do G4, em oitavo lugar, com 15 pontos, um atrás do Inter, que ainda entra em campo na sequência da rodada.

EM EVOLUÇÃO
O São Paulo mostrou evolução com a bola rolando e abriu o placar logo aos nove minutos com Pablo, antecipando bem Antônio Carlos para marcar. O Tricolor travou bem o adversário e dominou completamente a primeira etapa, evitando qualquer chegada do rival, que melhorou bastante no segundo tempo.

Logo no primeiro minuto, Deyverson apareceu na área, mas parou em Volpi. Em seguida, o São Paulo respondeu com Tchê Tchê e Reinaldo, ambos parando em Weverton. O goleiro palmeirense deu segurança para o time alviverde se adiantar e buscar o empate. Com posse de bola e dificuldade, o Palmeiras chegou ao empate aos 25 minutos. Dudu tentou o cruzamento, mas a bola foi travada e subiu. Volpi ficou olhando a bola, que tocou na trave, em suas costas e morreu no fundo das redes.

SUBINDO...
O Santos se aproximou do Palmeiras na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro logo na retomada da competição. O time do argentino Jorge Sampaoli derrotou o Bahia por 1 a 0, no estádio de Pituaçu, com gol de Carlos Sánchez, ficando a três pontos do primeiro colocado.


Antes da pausa do Brasileirão por causa da disputa da Copa América, o Santos vinha embalado por três vitórias. E ampliou essa sequência, chegando aos 23 pontos e aumentando a pressão sobre o Palmeiras, sendo que o time da Baixada tem o trunfo de não estar envolvido em outras competições. Já o Bahia, com a derrota, parou nos 15, na oitava colocação após sofrer a segunda derrota seguida no torneio.

PROBLEMÁTICO
De virada e com dois gols do garoto Pepê, o Grêmio bateu o Vasco em sua arena, na tarde deste sábado, por 2 a 1, chegando à terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro. O triunfo fez o time gaúcho, que antes da parada para a Copa América encerrara a primeira etapa da competição batendo Fortaleza e Botafogo, chegar aos 14 pontos, contendo a reação dos cariocas na disputa. Os comandados de Vanderlei Luxemburgo vinham de dois triunfos (Internacional e Ceará) em sequência e permanecem estacionados nos nove pontos, ainda próximos da zona de descenso.

VASCO NA BRONCA
O Vasco saiu na bronca com a arbitragem. Isto porque logo aos 18 segundos da etapa final, Pikachu fez uma linda jogada individual pelo lado direito, passando por dois marcadores e fuzilando Paulo Victor para ampliar o marcador. O lance, porém, foi anulado pelo árbitro depois de uma análise via VAR, com uma suposta falta de Rossi em Matheus Henrique detectada na origem do ataque no meio campo.

RETOMADA
No seu retorno à Arena Castelão, com o gramado reformado, o Fortaleza venceu o Avaí por 2 a 0. Este foi o primeiro duelo dos dois clubes válido pela elite nacional e deixou o time cearense com 13 pontos, em 11.º lugar.


De outro lado, o time de Santa Catarina continua com apenas quatro pontos, na lanterna e único sem vencer na competição. Se for considerado que os dois lutam, inicialmente, para não cair à Série B, o jogo foi típico de seis pontos.

Comentários