Cássio Renan tem discurso de respeito, mas garante Cabofriense valente

O técnico Cássio Renan reforçou o discurso de respeito ao Bonsucesso, mas garantiu um time valente para a partida de volta da Copa Rio, contra o adversário nesta quarta-feira (10), pelas oitavas de final da competição. O clube está disputando a competição com um grupo composto por atletas do sub-20 e somente a vitória interessa a equipe, para seguir no torneio de mata-mata.

No confronto de ida, uma postura mais reativa. O Bonsucesso, líder da Segundona, invicto e 100% de aproveitamento, encontrou dificuldades em certo ponto do jogo e só conquistou o resultado na reta final da etapa complementar. Para este jogo, o time deve atuar diferente, mas sem dar espaços ao rival.

- É não renunciar nada. Mas respeitando muito o time do Bonsucesso. Um time importante, que está fazendo uma campanha muito boa na Segundona. Não perdeu para ninguém nos últimos nove jogos. Então, assim, com todo respeito. Mas sem renunciar. Tentar fazer um bom jogo. Quem sabe, né? No futebol a gente nunca sabe o que pode acontecer. Então, nós não vamos renunciar, mas respeitando o Cesso - disse o treinador.

Sem o gol qualificado, a equipe precisa de uma vitória simples para levar a disputa para os pênaltis. Um resultado de dois gols de diferença faz a equipe avançar no tempo normal. Para isso, Cássio Renan se mostra confiante e aponta os motivos para isso: mais opções para compôr o time.

- Em casa nós teremos mais atletas. Porque tivemos alguns desgastes, alguns jogadores lesionados do jogo anterior que fizemos contra a Portuguesa (pelo Carioca sub-20, antes da partida de ida na semana passada). Então nós fomos para o jogo de ida com apenas três no banco - revelou.

Este duelo está programado para às 15h da próxima quarta-feira, dia 10 de julho, no Correão.

Comentários