Desatenção defensiva custa caro e gol sofrido define eliminação do Goytacaz

O Goytacaz deu adeus à Taça Santos Dumont neste último domingo (28) com o empate em 1 a 1 com o Bonsucesso em Moça Bonita. A desatenção da equipe na defesa foi fundamental para a eliminação do time na semifinal do primeiro turno. O Goyta sofreu um gol de bola parada onde o sistema defensivo se posicionou de maneira errada e deixou justamente o artilheiro da equipe adversária sozinha para marcar.

Mesmo com o gol de Gilberto saindo ainda na etapa inicial, não foi o suficiente para conquistar a vaga, já que o Cesso tinha a vantagem do empate. O goleiro Adilson analisou o confronto e reforçou que faltou foco nos pequenos detalhes neste jogo.

- A gente sabia que seria um jogo nos erros. Quem errasse menos ia ser privilegiado. A gente precisava de mais um gol. Infelizmente o primeiro turno acaba para a gente aqui, mas a estamos bem na classificação geral - disse, já projetando o futuro.

- Nós vamos seguir o trabalho para que a gente possa conseguir, não só chegar na semifinal do segundo turno, mas na geral também - concluiu o goleiro na beira do gramado.

A equipe agora enfrenta o Duque de Caxias, no próximo sábado, dia 3 de agosto, às 15h, no Marrentão, em Xerém, na abertura da Taça Corcovado, o segundo turno da Segundona do Estadual.

Comentários