Em duelo emocionante, America vence Cesso e conquista Taça Santos Dumont


É campeão! Bonsucesso e America se enfrentaram na tarde desta quarta-feira (31), no Estádio de Moça Bonita, pela final da Taça Santos Dumont, o primeiro turno da Série B1 do Campeonato Carioca. Em um jogo extremamente emocionante e repleto de viradas, o Mecão venceu por 4 a 2 e conquistou o primeiro turno da Segundona. Matheus Babi, duas vezes, Pedrinho e Chayene anotaram os gols do título. Emerson e Jackson fizeram os gols do Rubro-Anil da Leopoldina.

Com o título, o America se classifica para as semifinais gerais da Série B1, que estabelecem os acessos à Elite do Estadual do Rio de Janeiro. Os duelos, de ida e volta, estão com datas previstas para setembro e outubro, respectivamente.

Etapa inicial conta com quatro gols e duas expulsões
Se o bairro de Bangu é conhecido pelas altas temperaturas, isso foi totalmente representado em campo por Bonsucesso e America no primeiro tempo. Nos primeiros minutos, Pedrinho era o jogador mais agudo do duelo e assustava em finalizações. Mas o atacante, aos 14, virou garçom. Em cobrança de falta de Pedrinho, Matheus Babi apareceu na entrada da pequena área para desviar e tirar qualquer chance de defesa do goleiro Caio. Mas a festa rubra durou pouco. Dois minutos mais tarde, após escanteio cobrado, a zaga do America afastou mal e Emerson emendou uma bela finalização, estufando as redes e empatando o marcador.

O tento anotado deu confiança para o Bonsucesso, que tomou o controle da partida e rondou a área do America. Aos 30 minutos, Jackson arriscou um chute de longe e Deola teve que colocar para escanteio em dois tempos, após dividir com Kelvin. Após a cobrança do tiro de canto, Jackson subiu no segundo andar, testou como manda o manual e viu a bola morrer no fundo das redes, consolidando a virada rubro-anil.

Mas as emoções não pararam por aí. Os nervos ficaram a flor da pele e, após ríspidas discussões generalizadas, Wallace, zagueiro do Bonsucesso, e Robinho, meia do America, foram expulsos aos 35 minutos. Com isso, o duelo voltou a ficar equilibrado e os Rubros aproveitaram a desorganização eminente do setor defensivo do adversário. Aos 42 minutos, Miguel carregou a bola pelo meio, acionou Wagner Diniz pela ponta e o lateral cruzou com capricho para Pedrinho, na segunda trave, empurrar para as redes e devolver o empate para o placar.

Wagner Diniz e Babi voltam a aparecer e desequilibram para o America
Já na etapa complementar, ambas as equipes caíram de produtividade e o ritmo ficou menos intenso. Mesmo assim, Bonsucesso e America tentavam criar jogadas ofensivas, porém com um excessivo número de passes errados. Assim como no primeiro tempo, Wagner Diniz se tornou uma válvula de escape para o America pela ponta direita. Aos 27 minutos, o experiente lateral partiu em velocidade e cruzou, novamente com precisão, mas desta vez para Matheus Babi, que só teve o trabalho de completar para o fundo das redes. Para piorar a situação do Bonsucesso, Lucas foi expulso minutos depois, após receber o segundo cartão amarelo.

Abatido e entregue, o Rubro-Anil ainda tentou se agarrar nos últimos fios de esperança, mas sem sucesso. Isso deu espaço e fôlego para o America aproveitar as chances ofensivas. Tanto que, aos 43 minutos, Chayene, com requintes de crueldade, anotou mais um gol e fechou o placar em Moça Bonita, garantindo a festa completa da torcida e o troféu erguido.

Agora pela Taça Corcovado, o segundo turno da Série B1, o Bonsucesso recebe o Nova Cidade, também em Moça Bonita, pela rodada inaugural. Já o America visita o Serrano, no Atílio Marotti. Ambas as partidas acontecem no domingo (4), às 15h, e contam com a cobertura em tempo real do Placar FutRio.

Bonsucesso 2x4 America - Campeonato Carioca Série B1, Taça Santos Dumont, final, jogo único - 31/07/2019 às 15h

Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Alex Gomes Stefano
Assistentes: André Roberto Smith Silveira e Gustavo Mota Correia

Bonsucesso: Caio; Rossales (Marlon, 31'/2ºT), Wallace, Emerson, Jeferson Siqueira; Filipe Silva, Lucas Silva, Kelvin (Josiel - intervalo), Denilson; Daniel Marins e Jackson (Yago Ramos, 25'/2ºT). Técnico: Luciano Quadros.

America: Deola; Wagner Diniz, Carlos Alberto, Vladimir, Rafinha; Araruama, Sandro Silva (Anderson Künzel, 22'/2ºT), Miguel (Chayene, 22'/2ºT), Robinho; Pedrinho (Tiago Corrêa, 38'/2ºT) e Matheus Babi. Técnico: Ney Barreto.

Cartões amarelos: Rossales e Lucas (BON)

Cartões vermelhos: Wallace, 35'/1ºT (BON); Robinho, 35'/1ºT (AME); Lucas, 29'/2ºT (BON)

Gols: Matheus Babi, 14'/1ºT (0-1); Emerson, 16'/1ºT (1-1); Jackson, 31'/1ºT (2-1); Pedrinho, 42'/1ºT (2-2); Matheus Babi, 27'/2ºT (2-3); Chayene, 43'/2ºT (2-4)

Comentários