Pan 2019, faltam 18 dias: Antes de Lima, Aléxia Castilhos ganha bronze no judô em Montreal

Aléxia Castilhos vai aos Jogos Pan-Americanos
A brasileira Aléxia Castilhos, integrante da seleção brasileira de judô que vai aos Jogos Pan-Americanos de Lima, conquistou a medalha de bronze do Grand Prix de Montreal, no Canadá. Foi neste sábado (6), no segundo dia da primeira edição da competição realizada naquela cidade.

Eduardo Katsuhiro chegou a lutar pela medalha de bronze, mas acabou derrotado pelo canadense Antoine Bouchard em uma bela imobilização.

A medalha de Aléxia Castilhos (63kg) veio no golden score da luta contra a israelense Gili Sharir. Encaixou um waza-ari quase um minuto depois que o tempo extra começou (veja abaixo, a partir do 6min30). Foi a única luta longa da brasileira e a única não resolvida no ippon. As três outras foram rápidas e resolvidas com o golpe perfeito.

Primeiro Aléxia Castilhos venceu a canadense Camelia Pitsilis, depois perdeu para a britânica Amy Livesey e voltou na repescagem vencendo a alemã Vivian Herrmann.

Foi a primeira medalha da brasileira no ano. Ela começou a temporada com resultados fracos e em Antalya começou a melhorar um pouco. Em abril chegou a brigar por medalha no Campeonato Pan-Americano de judô e acabou em quinto. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima, compete no dia 10 de agosto a partir das 17h.

Eduardo Katsuhiro perde para anfitriões
Eduardo Katsuhiro (73kg) tropeçou nos canadenses, motivados por representarem o Canadá no primeiro Grand Prix de Montreal. O brasileiro venceu o polonês Wiktor Mrowczynski na primeira luta e depois perdeu para Arthur Margelidon. A seguir se recuperou na repescagem ao vencer o britânico Eric Ham, mas perdeu a medalha para Antoine Bouchard. Sai em quinto.

Outros brasileiros lutaram neste sábado em Montreal. Alex Pombo (73kg) e Tiago Pinho (81kg) ficaram na primeira luta. Eduardo Yudy (81kg), que também vai aos Jogos Pan-Americanos, perdeu na segunda, bem como Amanda Oliveira (70kg) e Mariana Silva (63kg).

A disputa continua no domingo (7), último dia do Grand Prix de Montreal, e o Brasil terá Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Macedo (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Buzacarini (100kg), David Moura (+100kg) e Samanta Soares (78kg).

Destaque também para o retorno aos tatames do francês Teddy Riner, dez vezes campeão do mundo que não perde uma luta há mais de dez anos. Ele luta nos +100kg e ele e David Moura só se encontram se chegarem na final.

Comentários