Sorte joga ao lado e Campos se mantém no G-2 mesmo com derrota inesperada

image
Invicto na Série B1 do Campeonato Carioca até o último domingo (7), o Campo viu a primeira derrota acontecer logo contra o até então lanterna da classificação geral. Em pleno Ferreirão, o Roxinho foi surpreendido e batido pelo Itaboraí, por 2 a 0, num revés para lá de inesperado.

Apesar do resultado negativo, não houve prejuízo na tabela. Com a derrota do Serra Macaense para o Friburguense, o Campos se manteve em segundo lugar no Grupo B, dentro da zona de classificação às semifinais de turno e ainda dependendo das próprias forças para se manter lá.

O desafio agora é encarar o novo cenário com derrota, algo inédito na Segundona. Resta saber como o resultado negativo, dos mais surpreendentes da competição até aqui, irá ou não gerar reflexo prejudicial na equipe comandada pelo técnico Souza.

Na sequência da Taça Santos Dumont, um teste de fogo aguarda o Roxinho. No sábado (13), o adversário será o Bonsucesso, único time com 100% de aproveitamento na Série B1 até aqui. Novo tropeço pode significar a saída do G-2.

Em seguida, o Campos encerrará o primeiro turno encarando o Friburguense, em confronto direto na luta por classificação. Neste momento, o Tricolor da Serra é o adversário mais próximo dos campistas: são 11 pontos contra 10 - a diferença é que o Frizão tem um jogo a menos a ser realizado.

Antes de pensar novamente na Segundona, o Campos foca na Copa Rio. Nesta quarta-feira (10), visita a Portuguesa, no Los Larios, pelo jogo de volta das oitavas de final. Na ida, empate por 0 a 0. 

Comentários