Tempo é inimigo, mas Bersan projeta imposição de ritmo sobre o America

O Sampaio Corrêa irá pressionado para o confronto de volta das oitavas de final da Copa Rio. Na tarde da próxima quarta-feira, o Galinho terá pela frente o America. Entretanto, só avança de fase caso vença os Rubros por dois gols de diferença. Ciente da dura missão, Wilian Bersan apontou a necessidade e frisou os trabalhos realizados por Luciano Quadros.

- Quarta-feira tem a Copa Rio, a gente tem que descansar pois já está muito em cima, ver o que o professor tem para dizer, para poder mudar esse resultado. A gente precisa da vitória. Descansar o que tem que descansar e trabalhar, porque o professor trabalha muito. Temos que impor nosso ritmo e mudar esse resultado - afirma.

No último domingo (7), o Sampaio obteve uma importante vitória para suas pretensões na Série B1. O triunfo de 3 a 1 sobre o Angra, possibilitou o avanço da equipe à 10ª colocação da classificação geral, com cinco pontos a menos do Olaria, o último clube dentro da zona de classificação ao acesso. Particularmente, Wilian Bersan festejou o retorno dos gols e o resultado positivo.

- Particularmente, eu me cobro muito. Vinha fazendo bons jogos, mas não fazia gols, professor conversou comigo, o Luciano vem agregando muito no meu futebol também. Falou que eu precisava entrar mais na área, marcar gols. Graças a Deus eu consegui - finaliza.

Nesta quarta-feira (10), o Sampaio Corrêa encara o America pelo jogo de volta das oitavas-de-final da Copa Rio. Como perdeu a primeira partida por 3 a 2, o Galinho da Serra precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar. Vitória por um gol leva a decisão para os pênaltis. O duelo será em Moça Bonita, às 15h.

Comentários