Bonsucesso bate Boavista nos pênaltis e está na final da Copa Rio

image
Alô, Brasil! O Bonsucesso visitou o Boavista na tarde desta quarta-feira (14), no Estádio Elcyr Resende, pelo jogo da volta da semifinal da Copa Rio. Depois de repetir o mesmo placar do primeiro jogo e consagrar o empate em 0 a 0, o Rubro-Anil da Leopoldina bateu o Verdão de Saquarema por 4 a 2 e está na grande decisão. Desta forma, o Bonsucesso garante calendário nacional para 2020.

O adversário da final será a Portuguesa, que eliminou o Sampaio Corrêa, também nos pênaltis. Os dois jogos da final estão datados para os dias 21 e 28 de agosto. O campeão da Copa Rio poderá escolher entre Série D do Campeonato Brasileiro ou a Copa do Brasil.
image
Em ritmo progressivo, duelo ganha caráter de emoção na parte final do primeiro tempo
Com muito equilíbrio, as duas equipes trabalharam pouco na primeira parte do primeiro tempo. Apenas na reta final que o Boavista se tornou mais incisivo, principalmente com Renan Donizete. Aos 31 minutos, o atacante recebeu na grande área, dominou com o peito e finalizou, mas Caio, bem atento, defendeu com segurança.

Minutos mais tarde, Donizete, desta vez de chapa, bateu no ângulo e o arqueiro rubro-anil praticou uma defesa importante e a bola ainda tocou no travessão antes de sair. A resposta do Bonsucesso só veio aos 45, quando Lucas aproveitou cruzamento da esquerda e, como um elemento surpresa, cabeceou tirando tinta da trave defendida por Pitol.

Equipes afiam jogadas, procuram o gol, mas redes não balançam
Já na etapa complementar, a partida ficou mais intensa e ambos os times buscaram o gol. Quem chegou primeiro foi o Bonsucesso, com Marlon. Na marca de 11 minutos, o atacante chutou da entrada da área, rente à trave, e obrigou Marcelo Pitol a realizar uma boa defesa. No contra-ataque, o Boavista partiu em velocidade e Felipe Augusto foi acionado na zona intermediária e emendou um chute perigoso, que passou perto do gol de Caio. Mesmo assim, as equipes não balançaram as redes e a decisão de quem avançaria à final foi para os pênaltis.

Na disputa, o Bonsucesso começou batendo e com tranquilidade, Kelvin abriu a contagem. Já o Boavista perdeu a primeira cobrança, com Erick Flores, que parou na defesa de Caio. Desta forma, o Cesso embalou e anotou em sequência, com Wallace, Giovanni e Rossales. Michel e Thiago Mosquito até chegaram a marcar para o Verdão, mas Vitor Faíska bateu na trave a última cobrança e o Rubro-Anil se consagrou como finalista da Copa Rio.

Agora o Bonsucesso vira a chave e mira a Série B1 do Campeonato Carioca. No sábado (17), o Rubro-Anil enfrenta o Artsul, em Moça Bonita, às 15h, com a cobertura em tempo real do Placar FutRio. Já o Boavista se despede da temporada 2019 e retorna aos gramados apenas no Campeonato Carioca do ano que vem.

Boavista 0 (2)x(4) 0 Bonsucesso - Copa Rio, semifinal, jogo da volta - 14/08/2019 às 15h

Estádio Elcyr Resende (Saquarema - RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Diogo Carvalho Silva e Daniel de Oliveira Alves Pereira

Boavista: Marcelo Pitol; Everton Silva, Admilton, Victor Pereira, Márcio Costa; Douglas Pedroso, Ralph (Felipe Augusto - intervalo), Erick Flores, Wellington Silva (Vitor Faíska, 24'/2ºT) e Michel; Renan Donizete (Thiago Mosquito - 9'/2ºT). Técnico: Eduardo Allax.

Bonsucesso: Caio; Berlarmino, Wallace, Emerson, Ricardo Sena (Rossales, 36'/2ºT); Filipe Silva, Josiel, Kelvin, Lucas, Accioli; Marlon (Jackson, 29'/2ºT). Técnico: Luciano Quadros.

Cartões amarelo: Ralph (BOA); Kelvin (BON)


Gols: - 

Pênaltis
Boavista: Erick Flores (X), Michel (O), Thiago Mosquito (O) e Vitor Faíska (X)
Bonsucesso: Kelvin (O), Wallace (O), Giovanni (O) e Rossales (O)

Comentários