Bonsucesso e Boavista não saem do zero e decisão fica para jogo da volta

image
O Bonsucesso recebeu o Boavista na tarde desta quarta-feira (7), em Moça Bonita, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Rio. Com pouca criatividade e chances criadas, as equipes protagonizaram um duelo ruim e empataram em 0 a 0. Desta forma, a decisão da vaga para a grande final ficou mesmo para o jogo da volta, na quarta-feira (14), às 15h, no Estádio Elcyr Resende. Quem vencer está garantido na decisão.

Bonsucesso e Boavista se anulam, pecam na armação e goleiros pouco trabalham
As equipes entraram no gramado no primeiro tempo em um ritmo lento e com pouca efetividade nos passes. Quem arriscou primeiro foi o Boavista. Aos 14 minutos, Michel chutou de longe e Bruno Miranda defendeu, de uma forma nem tão segura, mas conseguiu afastar o perigo. Neutralizando aos poucos o Bonsucesso, o Verdão de Saquarema chegou mais uma vez aos 25, quando Wellington Silva cruzou pelo lado direito e, Renan Donizete, na primeira trave, cabeceou à esquerda da meta rubro-anil.
image
Na etapa complementar, o Bonsucesso contou com um erro do sistema defensivo do Boavista para conseguir ameaçar o gol de Marcelo Pitol. Na marca de 27 minutos, Márcio Costa recuou errado e Marlon aproveitou para ficar com a bola e partir em velocidade. No confronto com o arqueiro do Boavista, Marlon não conseguiu superar a boa defesa de Pitol. A partir daí, o duelo esfriou de vez e um festival de erros aconteceu em Moça Bonita. Mas, aos 47, Ralph obteve a chance de garantir a vitória para os visitantes. O volante recebeu na segunda trave, tirou o peso da bola na batida, porém ela apenas tirou tinta da trave e saiu em tiro de meta, sendo assim, consumado no apito final, o empate em 0 a 0.

Bonsucesso 0x0 Boavista - Copa Rio, semifinal, jogo de ida - 07/08/2019 às 15h

Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Thiago Gomes Magalhães

Bonsucesso: Bruno Miranda; Belarmino, Wallace, Emerson, Ricardo Lucena; Filipe Silva, Lucas (Yago Ramos, 35'/2ºT), Josiel, Denílson (Daniel Marins, 45'/1ºT); Kelvin (Accioli, 10'/2ºT) e Marlon. Técnico: Luciano Quadros.

Boavista: Marcelo Pitol; Everton Silva, Admilton, Victor, Jean (Márcio Costa, 12'/2ºT); Douglas Pedroso, Ralph, Michel (Vitor Faíska - intervalo), Erick Flores, Wellington Silva (Thiago Mosquito, 21'/2ºT); Renan Donizete. Técnico: Eduardo Allax.

Cartões amarelos: Josiel, Belarmino e Wallace (BON); Wellington Silva (BOA)

Gols: -

Público: 150 pagantes (114 presentes)
Renda: R$ 1.920,00

Comentários