Petroleiros em evolução: Mas ainda busca a sua primeira vitória na Liga Nacional

Em jogo de muitos turnovers e destaque defensivos, o Tritões FA, jogando em casa, derrotaram o Macaé Oilers, por 28 a 23, e com a força de seu jogo corrido, conquistou sua primeira vitória pela BFA 2019.

O jogo
Os capixabas começaram a frente do placar logo na primeira campanha. Após um kickoff irregular, com a bola saindo para a sideline, o Tritões logo chegou ao campo de ataque. A 37 jardas da endzone, o running back Richard Monequi avançou todo o campo necessário até chegar ao touchdown. Ponto extra convertido por Wellington Podolski. 7 a 0.

O primeiro drive dos Oilers, começou com o quarterback Gabriel Lázaro conseguindo dois first com as próprias pernas. Porém, pelos ares, Gabriel não levou sorte e em passe, a bola bateu na mão dos recebedores mas ficou com Victor Miranda, free safety do Tritões na primeira interceptação do jogo.

Já no campo de ataque, os Tritões tiveram a oportunidade de ampliar o placar, mas sem chegar a redzone, os capixaba decidiram tentar os três pontos. Embora a boa posição de campo, uma falta de 12 em campo fez o time recuar. Após a falta, o special team dos Tritões acabou não convertendo o chute, devolvendo a bola para os Oilers.

Na campanha seguinte, quem foi para o field goal foram os macaense. Em um chute de 8 jardas o kicker dos Oilers Bruno Oliveira botou para dentro diminuindo a diferença. 7 a 3. O ataque capixaba voltou ao gramado, mas ainda no campo de defesa, o lançador Patrick Amorim teve seu passe capturado, com o time fluminense na jarda 39 no campo de ataque.

Depois do turnover, ainda no primeiro período, o ataque dos Oilers começou nova campanha mas que durou apenas um snap. Logo na primeira decida, o linebacker Miguel Thomé interceptou Gabriel, e cruzou o campo até a linha de 26 jardas.

Já no segundo quarto, os Tritões colocaram novamente o time de field goal em campo, mas novamente a bola não cruzou os postes. Com a defesa em campo, o defensive tackle Humberto Gomes recuperou um fumble devolvendo a bola para os capixabas. Repetindo a primeira campanha, Richard Monequi correu novamente para mais de 30 jardas, anotando seu segundo touchdown. Ponto extra convertido, 14 a 3.

O jogo continuou ruim para o ataque dos Oilers, com nova interceptação, agora através do experiente Junis Bozzeti. Mas em uma improvável virada de rumo no jogo, os Tritões tiveram seu terceiro touchdown transformado em uma primeira para 19 após um face mask. Na jogada seguinte, Felipe Carvalho foi para corrida mas soltou a bola, recuperada por Anderson Portinari, que imparável atravessou o campo e chegou a endzone. Ponto extra convertido. 14 a 10.

Após dois punts, o Tritões continuou no ataque, mas assim com na campanha anterior, Portinari ficou com a bola, agora por interceptação, e anotou mais um touchdown, virando o placar do jogo. Outro ponto extra convertido. 17 a 14 para o Macaé Oilers.

No segundo tempo, o Tritões voltou com tudo e após um snap ruim dos Oilers, Humberto Gomes recuperou mais um fumble, mas na campanha seguinte teve mais uma interceptação sofrida, desta vez sem retorno.

Após um turnover on down dos fluminenses, e dois punt das duas equipes, os mandantes finalmente anotaram seu terceiro touchdown. O fullback Felipe Alvarenga passou por cima da defesa adversária até cruzar a goal line. Chute convertido e nova virada. 21 a 17.

No quarto derradeiro, ainda com as defesa dominando o jogo, o touchdown dá vitória veio só na última campanha do Tritões. Novamente Richard Monequi em seu terceiro por terra com chute certeiro e 28 a 17 no placar.

Um pouco antes do zerar do cronômetros, os visitantes ainda diminuíram a diferença em conexão entre Gabriel e Lucas Strock. Mesmo sem tempo, a equipe ainda foi para os dois pontos com Lucas Storck, mas sem a conversão. Placar final: 28 a 23.

Próximos jogos
Ainda sem vencer, o Macaé Oilers volta a jogar em casa contra os Challengers, em reedição da final da conferência sudeste da Liga Nacional 2018.

Já os Tritões continuam como mandante, agora encarando o Corinthians Steamrollers, no dia 24 de agosto.

Comentários