Qualidade do gramado do Elcyr Resende gera confiança extra ao Boavista

O Boavista está apostando na qualidade do seu campo para fazer uma apresentação melhor e superar o Bonsucesso na semifinal de volta da Copa Rio, nesta quarta-feira (14). O time poderia ter rendido melhor no confronto de ida, mas, na avaliação do próprio Verdão, foi atrapalhado pelas condições de jogo em Moça Bonita. O conhecimento do Elcyr Resende é a arma para os comandados de Eduardo Àllax.

a equipe trabalhou mirando este confronto que vale vaga em uma competição nacional na próxima temporada. No jogo de ida, 0 a 0 e uma formação diferente do adversário, com uma atenção redobrada para a defesa, com quatro volantes em campo. O fato surpreendeu. Querendo uma história diferente, Àllax evita fazer projeções sobre o adversário.

- Então, o Luciano (Quadros) é um cara que vem fazendo bons trabalhos. Nos surpreendeu de mudar a escalação. Então não dá nem para criar expectativas, porque não imagino quem vai jogar lá no Elcyr Resende. O que me dá confiança é o nosso gramado, o nosso campo, onde estamos acostumados a jogar. O nosso time é técnico e a gente vai, com certeza, jogar melhor do que jogou - disse em comparação ao último.

- É isso. É um campeonato difícil, é um time que está com um bom trabalho, uma boa campanha, só perdeu um jogo, a final (do primeiro turno da Segundona). Não vai ser fácil, mas também a qualidade do gramado me dá a confiança para o meu time jogar o que não jogou na quarta-feira passada - concluiu Àllax.

O confronto entre Boavista e Bonsucesso acontece nesta quarta-feira, dia 14 de agosto, às 15h, e vale vaga na final da Copa Rio. 

Comentários