Resumo da quarta-feira no Pan 2019: A centésima medalha do Brasil chegou

100 medalhas e contando… O Brasil chegou às 102 medalhas ao final dessa quarta-feira (07) com as quatorze ao todo conquistas. Confira! O dia do tênis de mesa teve ouro para Calderano e vaga olímpica no individual e Bruna Takahashi bronze. No hipismo, a equipe verde e amarela conseguiu o lugar mais alto do pódio e a classificação para Tóquio 2020.

Já no atletismo, medalha de ouro para Darlan Romani. Prata para Paulo André nos 100m e Vitória Rosa bronze na mesma prova versão feminina. Na natação chuva de medalhas com 6 ao todo: ouro para Fernando Scheffer nos 200m livre que fez dobradinha com a prata para Breno Correia. Na estreia dos 3x100m livre misto no Pan, o Brasil garantiu a prata; bronze para Vinicius Lanza – o centésimo medalhista do Brasil! – nos 100m borboleta, Larissa Oliveira conseguiu os seus 200n livre. Fechando, Léo de Deus 200m costa.

Acabou? Não, não. Tem mais resumo! Magno Nazareth ficou com a prata no ciclismo de estrada contrarrelógio. Fechando a conta das 16 medalhas ao todo: Nathalie Moellhausen perdeu para a mesma adversária que a havia tirado da final em Toronto a quatro anos atrás, mas sai de Lima com o pódio e a medalha de bronze na espada.

Veja todas as matérias abaixo nesse resumo!

Tênis de Mesa
Sexto colocado do ranking mundial. Melhor jogador não asiático do mundo. Cabeça de chave número 1 dos Jogos Pan-Americanos. Hugo Calderano chegou a Lima como o grande favorito à medalha de ouro. Em nenhum momento, no entanto, o peso de ter a “obrigação” de ser campeão atrapalhou a caminhada rumo ao bicampeonato dos Jogos. 

Um a um, o carioca de 23 anos foi deixando para trás seus adversários até alcançar o lugar mais alto do pódio. O último obstáculo foi o chinês Wu Jiaji, que até a categoria juvenil defendeu as cores do seu país, mas que se naturalizou dominicano e acabou derrotado na decisão, de virada, com parciais de 11/8, 6/11, 8/11, 11/7, 8/11/7 e 11/2. Com o resultado, o brasileiro garantiu a classificação para a Olimpíada de Tóquio.

Hipismo
O Time Brasil de Saltos fez bonito na disputa por equipes dos Jogos Pan-americanos 2019 em Lima, Peru. Nesta quarta-feira (7), o quarteto brasileiro formado por Marlon Modolo Zanotelli, Eduardo Menezes, Rodrigo Lambre e Pedro Veniss faturou o ouro e a vaga nos saltos por equipe para Tóquio 2020.

Atletismo
Como não poderia ser diferente, o segundo dia de competições de atletismo também foi agitado. Teve até título! Nesta quarta-feira (07), Darlan Romani quebrou um tabu histórico no arremesso de peso e conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil em todos os tempos nos Jogos Pan-Americanos. Já nos 100m rasos, Paulo André de Oliveira faturou a prata no masculino, enquanto Vitória Cristina Rosa fechou com o bronze no feminino. Confira os resultados dos representantes brasileiros em Lima.

Natação
Piscina medalhada! Depois de um primeiro dia repleto de conquistas, o Brasil repetiu o feito nesta quarta-feira (07), nos Jogos Pan-Americanos. Na noite de sete finais o time brasileiro saiu com seis medalhas. Destaque para a dobradinha de Fernando Scheffer e Breno Correia nos 200m livre e o bronze de Vinicius Lanza nos 100m borboleta, que foi a 100ª medalha do país no Peru, e a prata do revezamento 4x100m livre misto.

Ciclismo

O Brasil faturou a prata na prova contrarrelógio do ciclismo estrada dos Jogos Pan-americanos Lima 2019 nesta quarta-feira (7). Magno Nazaret completou a prova com o tempo de 46:17.44, pouco mais de um minuto e 54 segundos atrás do colombiano Daniel Martinez Poveda, campeão da prova. O chileno José Rodriguez Aguilar completou o pódio.

Esgrima
A brasileira Nathalie Moellhausen conquistou a medalha de bronze na espada da esgrima dos Jogos Pan-Americanos de Lima nesta quarta-feira (7). Ela garantiu a medalha após passar para as semifinais, onde acabou sendo eliminada por Katharine Holmes, dos Estados Unidos, que a havia derrotado na semifinal do Pan de Toronto, em 2015.

Comentários