Resumo do Pan sábado (10/08): Brasil quebra recorde atrás de recorde no Pan

O dia foi de quebra de recordes! Um atrás do outro. O Brasil alcançou o maior número de medalhas na história dos jogos e, agora, se prepara para terminar na segunda colocação no quadro, desde que o país sediou o Pan na cidade de São Paulo.

A noite fria deste sábado (10), na capital peruana testemunhou uma conquista histórica da seleção brasileira feminina de basquete. Com menos de um mês de trabalho sob o comando do treinador José Neto, a seleção conquistou a medalha de ouro dos Jogos Pan-americanos Lima 2019. Como se não bastasse, derrotou a equipe dos Estados Unidos na final, por 79 a 73 (39 a 38), no Coliseo Eduardo Dibós. Porto Rico ficou com a medalha de bronze ao vencer a Colômbia por 88 a 55 na partida preliminar.

Trinta medalhas em cinco dias de competição. Com esse desempenho espetacular, a natação brasileira obteve neste sábado, 30, em Lima, o melhor resultado de sua história em Jogos Pan-americanos. Na última noite de provas, coube a Guilherme Costa, Caio Pumputis, Leonardo Santos e os revezamentos 4x100m medley superarem a marca anterior, de 26, em Toronto 2015.

A vela brasileira fechou sua participação nos Jogos Pan-americanos de Lima com chave de ouro. Neste sábado (10), na Baía de Paracas, o Brasil faturou mais três medalhas de ouro. Martine Grael e Kahena Kunze, na 49erFX, Bruno Lobo, na Fórmula Kite, e Matheus Dellagnelo, na Sunfish, subiram no topo do pódio. O país ainda ganhou a prata com Claudio Biekarck, Gunnar Ficker e Isabel Ficker, na Lightning, e o bronze com Juliana Duque e Rafael Martins, no Snipe.

Além disso, o Brasil conquistou medalhas no atletismo, no judô, no caratê, no tênis de mesa e no pólo aquático. Relembre todas as conquistas!

Basquete

Em 1991, Paula e Hortência conquistaram o ouro em Havana, Cuba. 28 anos depois, Taina, Erika, Clarissa, Raphaella, Débora e companhia conquistaram o ouro em Lima 2019. Neste sábado, 10, o Brasil fez 79 a 73 nos Estados Unidos e foi campeão do torneio de basquete feminino.

Vela
Depois de ganhar dois ouros, uma prata e um bronze  na sexta-feira, o Brasil encerrou sua participação na vela com mais dois títulos e um vice-campeonato. As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze, na classe 49er FX, Bruno Lobo, no kitesurfe, e Matheus Dellagnelo, na sunfish, subiram no lugar mais alto do pódio. Claudio Biekarck, Isabel Ficker e Gunnar Ficker terminaram em segundo lugar na ligthning e a dupla formada por Juliana Duque e Rafael Martins ficaram em terceiro na Snipe.

Natação
Foi na natação que saiu a histórica 53ª medalha de ouro do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Com ela, o país superou os 52 conquistados no Rio em 2007, melhor resultado até então. Coube a Guilherme Costa, vencedor dos 1500 metros livre masculino, a honra de quebrar a marca neste sábado (10), último dia de competições da modalidade.

Atletismo
Após a prata nos 5000m, Altobeli Santos da Silva conquistou o tão cobiçado ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. Nesta sábado, 10, penúltimo dia de competições do atletismo, o fundista brasileiro conquistou o ouro e tornou-se campeão dos 3000m com obstáculos.

Judô
O brasileiro Eduardo Yudy conquistou a medalha de ouro no judô dos Jogos Pan-Americanos de Lima, neste sábado (10), logo em sua primeira participação na competição. Além dele, o Brasil levou um bronze com Aléxia Castilhos. Rafael Macedo e Elen Santana também lutaram, saindo em quinto e sétimo lugares respectivamente.

Caratê
No penúltimo dia de Jogos Pan-Americanos, a Seleção Brasileira de caratê foi ao pódio no kumite em Lima. Apenas a equipe feminina competiu neste sábado (10). Destaque para a experiente Valéria Kumizaki, que se consagrou bicampeã consecutiva ao derrotar rival canadense na finalíssima. Enquanto isso, novata Jéssica de Paula fechou com a medalha de bronze.

Tênis  de Mesa
O Brasil se despediu das competições do tênis de mesa dos Jogos Pan-Americanos com duas medalhas por equipes: prata no feminino e bronze no masculino. Com isso, encerra sua participação em Lima com sete pódios (dois ouros, duas pratas e três bronzes), atrás no quatro de medalhas apenas de Porto Rico, que ganhou o ouro em todas as competições entre as mulheres.

Pólo Aquático
A seleção brasileira de polo aquático masculina conquistou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. Neste sábado (10), o Brasil derrotou a Argentina na disputa pelo terceiro lugar por 9-6 e garantiu mais uma medalha nesta edição dos Jogos. Mais cedo, a seleção feminina também havia sido bronze.

Comentários