Vico atinge 50 jogos com a camisa do Serra Macaense

Apesar da derrota, o duelo do Serra Macaense contra o Artsul, no último sábado (10), teve um caráter especial para o volante Vico. Um dos mais experientes do atual elenco, o jogador de 22 anos atingiu a marca de 50 jogos com a camisa do Verdão. Essa é a terceira temporada do atleta, que foi revelação do futebol carioca no ano passado. Em 2018, Vico foi eleito o melhor em sua posição no Campeonato Carioca – Série B1, quando também foi o capitão, o atleta mantém regularidade em números de passes certos e desarmes próximo de 93%.

Os números impressionam em sua promissora carreira. Oriundo da base do Grêmio, o gaúcho chegou a Macaé em 2017. Nas 49 atuações, em 100% iniciou como titular e tem 94,5% de minutos em campo, com 19 vitórias, 13 empates e 17 derrotas. Além de somar três gols e cinco assistências.

“O Vico é o jogador que mais vestiu a camiseta do Serra Macaense nesta atual gestão. Infelizmente não temos os números concretos dos anos passados, mas arrisco dizer que a regularidade dele é a principal da história do Clube. Ele é um exemplo de jogador que acompanhou toda a ascensão recente da nossa transformação, por ter acompanhado desde o início, quando o atleta não tinha uniforme completo e precisava lavar seus próprios pertences de treino. As atividades eram em gramado sintético, sem estrutura adequada. Não existia o alojamento como a Toca da Coruja. Ele morou com outros dez companheiros numa casa que alugamos para a hospedagem e exercia uma liderança tamanha com os colegas. Costumava cozinhar, inclusive, almoço e janta para todos, já que não tínhamos funcionários para tal. Agora a realidade vem sendo outra e ele faz parte disso. Temos esse investimento que ainda estamos fazendo, não só pela logística que envolve diversos profissionais atualmente, com médicos, academia, clínica de fisioterapia, reabilitação com piscina e pilates, alimentação adequada, suplementação, enfim, todo o bem-estar dos atletas. Então temos que parabenizar sua vontade, seu profissionalismo e dedicação, salientando esse envolvimento no avanço que ano após ano o Serra Macaense tem tido também”, analisou o presidente, Rodrigo dos Santos.

Feliz com o atual momento individual, o profissional corrobora com as palavras do mandatário e agradece a abertura de portas para desempenhar seu futebol em 2017. “Eu cheguei ao Serra Macaense com algumas dúvidas para minha carreira, situações que passei em outros momentos, então sou muito grato ao Clube que me abriu as portas, ao presidente Rodrigo dos Santos que possibilitou jogar aqui, ao treinador Luiz Felipe que era nosso comandante nas últimas temporadas e sempre me ensinou bastante, então são diversas pessoas a agradecer. O Vitinho (Victor Moitinho, preparador físico), um cara fora de série na sua área, todo o pessoal dos bastidores que pouco aparecem na mídia, mas são fundamentais para o dia a dia”, analisou.

Comentários