Friburguense e America decidem a Taça Corcovado nesta quarta-feira, às 15h

Resultado de imagem para Friburguense e America
Friburguense e America se enfrentam nesta quarta-feira (25/09), às 15h, no Estádio de Moça Bonita pela final da Taça Corcovado. Caso os rubros faturem a taça, estarão automaticamente na Seletiva da Série A do Carioca 2020.

FRIBURGUENSE
Para levantar a Taça Corcovado e avançar às semifinais gerais, o Friburguense terá que segurar uma das duplas mais inspiradas da Série B1 do Campeonato Carioca: Matheus Babi e Pedrinho, atacantes do America, que têm 11 gols cada e são os artilheiros da competição. Um dos principais responsáveis pelo pilar defensivo do Tricolor da Serra na decisão e quem irá enfrentar os adversários de frente, o goleiro Afonso comentou o que deve ser feito para neutralizar o poderio do ataque rubro.

- Nós jogamos contra o America no returno e sabemos da qualidade dos jogadores deles. É um ataque muito forte. Mas temos que nos preparar, armar uma estratégia. Como foi feito contra o Artsul, que tinha um time muito organizado, que não tinha perdido na fase de grupos. Então esperamos transformar tudo o que fizemos contra eles, a atenção, a concentração, intensidade e equilíbrio, para que possamos sair de Moça Bonita com o título - disse.

Depois de superar um difícil adversário fora de casa, o Friburguense desce a serra novamente e agora pode ter em jogo o restante da temporada e o ano de 2020. Afonso deixou claro que, diferente do duelo contra o Artsul, o Frizão terá um equilíbrio de forças pela frente, mas afirmou que a equipe irá embalada para o gramado.

- Contra o Artsul, tínhamos a obrigação de ganhar. Contra o America, já é um pouco diferente. As chances se igualam. Não tem vantagem para nenhum dos times. Mas vamos com tudo, com a mesma atenção e dedicação para, quem sabe, fazer um grande jogo e levantar a taça - concluiu.

AMERICA
O America tem duas chances de subir à primeira divisão do Campeonato Carioca. A primeira delas é nesta quarta-feira (25), contra o Friburguense, na final do segundo turno do Campeonato Carioca. O time precisa apenas de uma vitória simples para retornar à elite do Rio. Dessa maneira, o técnico Ney Barreto resumiu o que será o confronto em Moça Bonita: o jogo da vida do time.

Fora esta oportunidade, o time, em caso de derrota, ainda briga na semifinal geral, já que venceu o segundo turno. Em caso de conquista, o time da Campos Salles sobe e aguarda o vencedor do duelo entre Goytacaz e Bonsucesso para fazer a final, eliminando a semifinal geral da competição.

A equipe, na semi da Taça Corcovado, venceu com autoridade o Duque de Caxias fora de casa e chega motivada para o confronto. Ney Barreto comentou sobre a caminhada neste segundo turno e o sobre a partida contra o Frizão, que tem peso dobrado.

- A vida. A vida. Vamos jogar a vida (contra o Friburguense). A gente esperou e trabalhou. As pessoas depois do jogo contra o Barra (da Tijuca) acharam que a gente pudesse classificar. A gente veio jogo a jogo. A gente não fez projeção. Agora também. Nós não falávamos em jogo do acesso, sem passar pelo Duque de Caxias, que não ganha no Marrentão, nunca ganhou deles na história. Então a gente foi lá e conquistou a vitória. Agora é pensar na difícil equipe do Friburguense, porque ganhar deles - disse o técnico, para depois exaltar o trabalho feito no time rival.

- Cadão é fantástico. O que o Cadão e o Sérgio (Gomes) estão fazendo com a equipe deles em relação à montagem do elenco é fantástico - disse de maneira rápida, ainda na saída do campo no último final de semana, contra o Duque de Caxias.

Para o confronto com o Frizão a baixa fica por conta do volante Tiago Corrêa, que, lesionado, passou por um processo cirúrgico e está afastado desta reta final de competição.

Fonte: FutRio

Comentários