Lamentos por goleada chegam ao fim e Casimiro se cobra por vitória em casa

Após a goleada sofrida por 5 a 1 para o Queimados, o Casimiro de Abreu procura juntar os cacos para se recuperar na Série B2 do Campeonato Carioca, pois ainda luta pela classificação no Grupo A deste segundo turno. Como jogará a próxima partida em casa, Rafael Fuleco exigiu mais atenção da equipe e afirmou que é obrigação vencer o jogo.

- Perdemos um jogo, a batalha, mas não a guerra. Mas agora temos que trabalhar. Jogaremos em casa na próxima rodada e nossa obrigação é vencer, se quisermos nos manter na briga pela classificação. Entramos desligados contra o Queimados e foi complicado. Temos que ficar atentos a todo momento contra o Barcelona - disse o jogador.

Outro que foi na linha de Rafael Fuleco foi Dener, que classificou a atuação contra o Queimados como absurda e afirmou que o Casimiro de Abreu terá que ter outra postura diante do Barcelona, em casa, e assim como o companheiro, disse que a vitória é obrigação.

- Não tem o que falar, contra o Queimados foi absurdo. Estávamos numa sequência muito boa e parece que deu um apagão na equipe. Não conseguimos jogar, trabalhar a bola e ficamos na roda para eles. Contra o Barcelona temos que entrar ligados, pois não pode acontecer o que houve contra o Queimados. Em casa temos que nos impor e mostrar que não tem nada acabado - frisou o defensor.

Pensando na recuperação, o Casimiro de Abreu encara o Barcelona na próxima rodada na sua casa, o Estádio Ubirajara Reis, às 15h de quinta-feira (5).

Fonte: FutRio

Comentários